terça-feira, 15 de maio de 2012

Chapter Three


Era aproximadamente meia noite quando Joseph se levantou da sua cama em silencio, trocou de roupa e saiu da mansão sem que ninguém o visse. Se quisesse resolver seus problemas sem levantar perguntas aquela era a única hora em que conseguiria, e tinha de se apressar, pois sentia que as coisas estavam prestes a se complicar ainda mais. Ele estava passando pelos limites da fazenda, os olhos atentos na mansão pra ter certeza que ninguém acordara, quando tomou um enorme susto, não costumava ser pego de surpresa, mas realmente não estava esperando por aquilo.
__Onde pensa que vai?__ ele estava pronto pra lançar um feitiço quando percebeu quem era.
__Nicholas? Eric?__ franziu o cenho enquanto respirava fundo e recuperava o controle__ o que fazem aqui?
__Eu perguntei primeiro__ Nick cruzou os braços na frente do peito.
__Isso não é assunto seu.
__Você está indo ver o Oráculo não é? Eu sabia que você ia fazer isso a noite pra que a Demi não visse.
__Vocês não deveriam estar aqui.
__Sabemos que você e Demi estão com problemas, vimos o que aconteceu hoje a tarde durante o treinamento, sabemos que tem algo errado e queremos ajudar a resolver isso, você não vai conseguir se livrar da gente__ Eric garantiu__ pode aceitar nossa ajuda por bem ou por mal.
__Não há nada que vocês possam fazer pra me ajuda__ Joseph disse começando a caminhar novamente__ sem ofensas, mas se eu não pude resolver, vocês também não conseguirão.
__Porque eu me ofenderia com isso?__ Nick zombou__ só porque você é um original acha que sabe mais que agente?
__Eu nunca disse em momento nenhum que era melhor que vocês__ Joseph disse nervoso__ vocês é que vivem dizendo maravilhas a meu respeito, eu nem sei por que me adoram tanto, é ridículo. A questão é que vocês não entendem de magia negra, então não podem me ajudar.
__Como sabe que não entendemos de magia negra?__ Eric desafiou.
__Entendem?__ ergueu a sobrancelha.
__Não, mas... Isso não muda nada__ ele resmungou__ diga pra gente qual é o problema, deixa agente tentar ajudar ao menos. Nos preocupamos com a Demis e com você também, se não queria que nos envolvêssemos não devia ter nos pedido ajuda antes.
__Vocês não vão desistir vão?
__Não__ Eric e Nick disseram ao mesmo tempo.
__Ok, eu conto o que está havendo, mas tem que prometer que vão guardar segredo, isso não pode chegar aos ouvidos de Demi de jeito nenhum entenderam?__ ele disse sério e os dois concordaram.
__Venham comigo.
Eles se afastaram da fazenda enquanto conversavam, afinal Joseph tinha compromisso e nenhum tempo a perder e aproveitou pra pensar um pouco em como começar explicar a eles o que estava acontecendo, afinal nem ele entendia muito bem.
__Dois meses atrás__ ele começou finalmente criando coragem__ quando lutei contra Robert, pouco antes de ele voltar pra dentro do diário, ele... Fez alguma coisa.
__Como assim?
__Ele fez com que Demi bebesse um pouco de seu sangue e murmurou algumas palavras em latim que não consegui ouvir direito. Passei todo esse tempo tentando me lembrar, queria ter certeza de que ele não tinha feito nada ruim com ela, mas simplesmente não consegui achar em nenhum lugar nada que esclarecesse o que ele pode ter feito.
__Acha que ele a enfeitiçou de algum modo?
__Não tenho certeza, pode ser que ele tenha feito aquilo apenas pra devolver os poderes dela__ deu de ombros querendo soar esperançoso, mas não acreditava que tenha sido só isso__ a questão é que não tenho certeza e a duvida me incomoda. Percebi que Demi anda um pouco estranha ultimamente, está me escondendo coisas e as vezes ela parece... Diferente.
__Diferente?
__Não sei como explicar direito, mas eu sinto que tem algo errado e quero descobrir o que é... E concertar se possível.
__Acha que o Oráculo vai te ajudar?__ Nicholas perguntou.
__Espero que sim, é minha ultima chance de saber a verdade, já tentei todas as outras opções.
O Oráculo, como era chamado pelos bruxos era uma criatura no mundo mágico muito poderosa. Tinha a aparência de um humano comum assim como os bruxos, mas tinha o dom da visão, podia ver o futuro e sabia de coisas que ninguém mais poderia, nem mesmo o mais poderoso e incrível bruxo, o Oráculo era temido em todo o mundo da magia... As vezes é bom simplesmente não saber.
__Talvez não seja nada demais__ Eric disse__ pode ser que a Demi esteja estranha por não ter superado ainda tudo que passou, ela suportou muita coisa, mais do que qualquer humano conseguiria, até pouco tempo atrás ela pensava ser mortal.
__Eu espero que seja só isso, mas você entenderia minha preocupação se visse o que vejo nos olhos dela.
Ele suspirou tentando espantar os pensamentos sombrios, queria desesperadamente estar errado sobre tudo aquilo.
__Tem mais alguma coisa te incomodando não tem?__ Nicholas comentou__ não é só isso, eu sei que não é.
__Bem... Robert me deixou um outro presentinho que também tem me tirado o sono.
__O que ele fez?
__Ele... Ele... __ Joseph respirou fundo pra se acalmar, eram tantos os problemas que às vezes era difícil parecer sob controle__ ele jogou uma maldição em mim e na Demi.
__Uma maldição?__ os dois garotos se assustaram__ mas que maldição? Ele machucou vocês? O que...
__Calma, nós estamos bem__ Joseph os interrompeu__ a maldição está... Digamos... Inativa. Não vai acontecer nada a nós dois se não ativarmos a maldição.
__E como supostamente vocês ativariam essa maldição? E o que acontece se a ativarem?
__Não sei o que acontece, é por isso que tenho medo e venho tomando... Cuidado__ Joseph corou envergonhado e os dois amigos não entenderam porque__ a maldição é ativada se nós dois... Hum... Consumarmos nossa relação.
Eric e Nicholas olharam pra ele por um longo minuto até que pudessem entender do que ele estava falando.
__Você está falando de sexo?__ foi Nick quem quebrou o silêncio constrangedor.
__Sim__ Joseph concordou.
__Espera, deixa eu ver se entendi__ Nick murmurou__ o seu irmão mais velho e psicótico, o mesmo que tentou roubar sua namorada antes e matar você, jogou uma maldição em você e na sua nova namorada e algo muito ruim vai acontecer com vocês se vocês transarem?
__Basicamente isso__ concordou mal humorado__ eu tenho uma família complicada.
__Isso quer dizer que você e a Demi ainda não...
__Não é da sua conta__ Joseph olhou pra Eric com raiva, não importava que agora fossem amigos e estivessem se dando bem, ainda não gostava muito dele pois sabia que Eric tinha sentimentos pela Demi, embora não admitisse isso, o fato de ele ter uma namorada não o iludia.
__Desculpe__ Eric encarou o chão envergonhado.
__Cara que barra__ Nick disse.
__Eu tentei desfazer o feitiço, mas foi feito com magia negra e meu conhecimento nessa área é limitado, preciso de ajuda e o Oráculo é minha ultima opção, não quis contar nada a Demi, pois não queria assustá-la sem que houvesse uma real necessidade.
__Olha, nós vamos com você até o Oráculo e vamos ajudar no que puder.
__Eu agradeço.
Quando estavam afastados o suficiente da fazenda, Joseph fez um feitiço de teletransporte, o modo mais rápido e prático de se chegar aonde queriam, já que ficava fora da cidade. Joseph e Nicholas conversaram mais um pouco no caminho e Eric permaneceu calado e envergonhado, intimidado pelo olhar irritado de Joseph, eles se davam bem a maior parte do tempo, mas quando o assunto era Demi, Joseph sempre ficava na defensiva, ela era a única coisa que tinha na vida, perdera tudo, a família, os amigos, a mulher que amou, e não ia perdê-la também, não agora que já não sabia mais como viver sem ela.
__É aqui__ Joseph informou quando se viram diante de uma pequena cabana fora da cidade. Ficava no meio de uma floresta, um lugar um tanto sombrio pra se viver, mas perfeito para uma criatura mística e poderosa como o Oráculo. Era uma cabana simples, a luz na varanda da frente estava acesa e havia alguns objetos estranhos pendurados na porta e símbolos pintados nas paredes, símbolos de proteção que poucos conheciam.
__Não gostei desse lugar__ Eric sussurrou__ é... Macabro.
__Não precisam entrar comigo.
__Nós vamos__ Nick garantiu e então diminuiu o tom de voz um tanto sonhador__ eu sempre quis saber como era o Oráculo.
__Garanto que você poderia viver muito bem sem saber__ Joseph disse dando os primeiros passos em direção à cabana.
__Você já o viu?
__Ela__ Joseph corrigiu__ é uma mulher, eu á conheci muitos anos atrás, meu pai me levou para vê-la. Você fica diferente depois de um encontro com o Oráculo, tem que tomar cuidado com o que pergunta a ela, e não deve perguntar se realmente não quiser saber, a verdade e a revelação do futuro pode ser demais para mentes fracas.
__Não parece muito divertido__ Eric tossiu e olhou em volta nervoso.
__Não é__ Joseph concordou.
Os três se aproximaram da cabana em silencio, subiram à pequena escada na frente e pararam em frente à porta, eles se entreolharam um momento nervosos e Joseph ergueu a mão pra bater na porta, mas antes que o fizesse ela se abriu com um ruído alto e incomodo que fez gelar os ossos.
__Perturbador__ Nick sussurrou.
Joseph foi o primeiro a criar coragem e entrar. Ainda se lembrava do seu ultimo encontro com o Oráculo, ele tinha quinze anos na época, e seu o pai dissera que todo bruxo em treinamento devia fazer uma visita a ele. Obviamente as coisas tinha mudado depois do que aconteceu a ele e a Robert, os bruxos tiveram de se esconder e alguns costumes mudaram, mas a lembrança ainda estava bem viva em sua memória, ele seria daquele encontro assustado. O Oráculo não lhe revelara nada crucial, ele apenas respondia o que a pessoa mais desejava saber, e nada mais, você só tinha direito a uma pergunta e como ele era ainda um jovem inocente nada muito sério lhe foi revelado, mas a presença da criatura era forte e imponente, e sua aura, seu poder pulsante era intimidador, ainda mais pra um bruxo com os poderes de Joseph, que podia sentir os poderes de todos em volta.
__Joseph...
Ele ouviu um dos meninos chamar seu nome, mas estava distraído demais em sua contemplação pra responder. A decoração da cabana era feita com muitos objetos místicos e poderosos, coisas raras que Joseph muitas vezes ouvira falar e achava não existirem de verdade, a cabana era pintada com cores escuras, e os mesmos símbolos do lado de fora também adornavam as paredes por dentro, alguns deles pareciam ter sido pintados com sangue. Os três seguiram direto por uma abertura fechada apenas por uma cortina e se viram em uma sala que contrastava bastante com o restante da casa. As paredes ali eram totalmente brancas, não havia nenhum objeto exceto pela mesa redonda, com quatro cadeiras em volta. De pé perto da única janela do recinto, olhando a noite lá fora estava uma mulher.
__Poderoso Oráculo, eu e meus amigos estamos aqui...
__Eu sei por que vocês estão aqui__ ele foi interrompido por uma voz que podia ser muito bem confundida com a mais bela e agradável das canções, era doce, suave, envolvente, e fazia você se sentir leve ao escutá-la. Eric e Nicholas se viram fascinados com o som, porém Joseph não se abalou, ele sabia o que o Oráculo podia fazer e estava preparado__ Joseph Gilbert, Eric e Nicholas Wayland.
O Oráculo se virou finalmente, permitindo assim que os três rapazes contemplassem sua face. Joseph não estava enganado, ela tinha a aparência de um humano, uma mulher, mas não uma mulher qualquer, mas sim a mulher mais linda que qualquer um deles já haviam visto na vida. Ela tinha a pele clara e delicada, aos olhos parecia macia, o instigava a querer tocá-la e sentir sua textura, tinha longos cabelos negros que desciam pelas costas até a cintura, lisos e sedosos, com um perfume de rosas, Nicholas se pegou imaginando como seria tocá-los, acariciá-los. O corpo esbelto, de uma jovem na flor da idade tinha curvas simplesmente perfeitas, seios fartos, cintura fina, quadril largo, pernas torneadas, e estava coberto apenas por um simples vestido branco de seda, com um decote revelador que deixava a mostra boa parte da pele, era quase impossível desviar os olhos. Ah sim... Os olhos. Ela tinha olhos dourados, brilhantes, como ouro líquido, hipnotizantes.
Ela era feita pra confundir seus sentidos.
__Já que sabe por que estou aqui__ Joseph disse__ pode ou não pode me ajudar?
Ela deu a volta na mesa devagar, seus passo eram suntuosos, elegantes. Era parou bem na frente de Joseph, com um sorriso delicado nos lábios rosados e extremamente convidativos.
__Eu tenho a resposta que procura__ ela garantiu__ agora não posso garantir que será de alguma serventia.
__Eu decido isso sozinho__ resmungou impaciente, os encantos do Oráculo não lhe faziam tanto efeito, da primeira vez fora diferente é claro, e ainda era difícil pensar na presença de tão deslumbrante criatura, mas ele sabia que ela não era realmente uma mulher, e suas preocupações eram maiores de que qualquer outro desejo.
__Você não pode desfazer a maldição que foi lançada sobre você e a mulher que ama__ ela sussurrou com sua voz aveludada, os olhos dourados pareceram criar um brilho mais intenso__ o único que pode desfazer a maldição é aquele que a lançou. E enquanto estiverem sob o efeito de tal feitiço, se consumarem seu amor um de vocês irá morrer.
__Morrer?__ Joseph quase sufocou.
__Lenta e dolorosamente, as pior maneira imaginável para um bruxo__ ela concordou__ são vários estágios. Começa com simples pesadelos, imagens horríveis que não o deixam dormir, então você vai perdendo suas forças, sentindo-se cansado e impotente, logo depois seus poderes são tomados de você, transformando-o em um simples mortal e quando a dor for tão insuportável que a única coisa que você deseja é morrer... Seu desejo é então realizado.
__Não há um jeito de reverter isso?__ Joseph disse desesperado__ não há nada que eu possa fazer?
__Não__ ela disse simplesmente__ você nada pode fazer para evitar seu destino a não ser afastar-se dela. Acredite meu belo rapaz é a única solução, pois vejo que quem o amaldiçoou jamais o libertara de sua sina e mais cedo ou mais tarde vocês sucumbirão ao desejo mais arrebatador do homem, seja bruxo ou mortal. Se quiser salvar a sua vida e a dela vá para longe e nunca mais a procure.
Joseph parou de respirar e seu coração parecia estar fora do lugar, não podia acreditar que não havia nada que pudesse fazer para mudar aquilo, que não poderia ficar com Demi sem por a vida de um dos dois em perigo, aquilo não estava certo. Mas manteve a postura e tentou organizar os pensamentos, ainda tinha uma coisa que precisava perguntar.
__Robert... Ele fez alguma coisa a Demi, pode me dizer o que foi?
__Poderia, mas não vou__ ela lhe deu as costas e rodeou a mesa, se sentando em uma das cadeiras e olhando pra ele__ conhece as regras meu jovem, é um original e já me visitou antes. Sabe que só posso responder a uma de suas perguntas, está feito, não posso mais lhe ajudar.
__Então diga para mim__ Nicholas finalmente falou saindo de seu transe__ o que Robert fez com Demi?
__Você não quer realmente saber. Eu respondo a pergunta a qual você mais deseja saber a resposta, está me fazendo à pergunta errada e por isso não posso ajudá-lo, sinto muito.
__Você é minha única esperança, precisa me ajudar__ Joseph se desesperou__ me diga o que devo fazer, me diga como resolver essa confusão, como ajudar Demi, por favor.
__Sinto muito, vocês precisam ir embora__ ela disse simplesmente.
__Mas... __ Joseph avançou na direção dela pra implorar por ajuda, deixando que o medo e o desespero lhe tomassem. O Oráculo levantou de sua cadeira, os olhos dourados pareceram pegar fogo e Joseph simplesmente travou onde estava, assim como Nicholas e Eric que nem ao menos respiravam.
__Eu disse pra irem embora, não posso fazer nada para ajudá-los__ a voz sedutora foi substituída por uma grave e assustadora que fez os três estremecerem por dentro.
Ninguém disse nada por um tempo, até que criando coragem Eric se recuperou do torpor e falou.
__Por favor, se não pode nos ajudar, diga se há algo ou alguém que pode, diga-nos como ajudar a Demi.
O fogo nos olhos da criatura pareceu se abrandar e ela fitou com curiosidade o rosto aflito de Eric.
__Interessante__ ela sussurrou e sorriu amigavelmente pra ele.
__O que?
__Apesar do amor não correspondido, do objeto de seu afeto não corresponder a seus sentimentos, ainda assim, deseja do fundo do coração ajudá-la. É um sentimento nobre meu rapaz, não se vê mais coisas do tipo nesse mundo de pessoas invejosas e cruéis.
Joseph olhou para Eric e seu rosto estava vazio e sem expressão, aquilo foi pior do que o olha de raiva dele. Estava pronto para retrucar, para tentar se explicar quando o Oráculo interrompeu, continuando seu discurso.
__O ajudarei apenas pela bondade que vejo em seu coração__ ela sussurrou__ há duas maneiras de se resolver os seus problemas, uma delas é se livrando daquele que lançou as maldições, uma vez que ele esteja morto, os feitiços lançados por ele morrem junto. Porém ele poderoso e não é uma tarefa fácil.
__Qual a outra maneira?__ Eric perguntou.
__Há um bruxo que tem as respostas que vocês precisam e que não posso dar__ ela disse__ seu nome é Michael Gilbert e é tudo que posso lhes revelar, agora peço que por favor se retirem e não retornem mais aqui.
__Obrigada__ Eric agradeceu e se virou para Nicholas e Joseph__ vamos embora.
Os dois o seguiram em silencio e já do lado de fora fizeram o feitiço de teletransporte até que estivessem novamente nos limites da fazenda. O amanhecer se aproximava e logo as tias de Demi estariam acordadas.
__Bem, foi um passeio instrutivo__ Nicholas murmurou desconcertado__ sabe quem é Michael Gilbert?
__Não,conheci um Michael Gilbert muitos anos atrás, mas aposto que existem mais bruxos por ai com esse nome, preciso pesquisar com calma, mas já é de grande ajuda.
__Sinto muito pelo lance da maldição__ Nick disse__ espero que ache uma forma de resolver isso.
__Eu vou dar um jeito.
__Nós temos que ir pra casa, avise se precisar de alguma coisa e obrigada por confiar em nós.
Joseph apenas deu um meio sorriso concordando e Nicholas começou a se afastar, mas Eric permaneceu ali olhando Joseph cheio de vergonha e receio.
__Escute Joseph, sobre o que o Oráculo disse... Não era verdade...
__O Oráculo não mente, ela sabe de tudo e nunca erra__ Joseph sussurrou.
__Eu...
__Não quero saber__ o interrompeu__ você me ajudou lá dentro, e graças a você tenho algo em que me apoiar, uma esperança. Assunto encerrado, espero sinceramente não ter que tocar nesse assunto nunca mais com você, mas tomarei medidas se necessário.
__Não será necessário__ Eric garantiu__ você é meu amigo, ela também... Só isso.
__Ótimo__ Joseph disse simplesmente.
E sem mais uma palavra entrou na fazenda o deixando sozinho na escuridão. Joseph entrou na mansão em silencio do mesmo jeito que saira, mas ao invés de ir pra seu quarto, entrou cuidadosamente no quarto de Demi. Ela dormia tranquila, como um anjo embora tivesse uma expressão inquietante no rosto, devia ser por conta dos pesadelos, que Joseph gostaria de poder afugentar, mas infelizmente não sabia como. Ele se aproximou mais da cama, e acariciou a face dela com a ponta dos dedos enquanto lembrava das palavras do Oráculo, não achava que conseguiria abandoná-la mesmo que fosse o único jeito de mantê-la segura, ela era tudo que ele tinha agora e ficava cada vez mais dependente de sua companhia. Mas se não houvesse outra forma de resolver aquele problema não poderia ficar com ela e colocá-la em perigo, privá-la de certas experiências só porque não podia viver sem ela.
Os pensamentos o inquietaram e tornaram difícil pra ele respirar, não tinha um minuto de paz, simplesmente não conseguia viver, Robert não o deixava ser feliz. Com um suspiro, Joseph deu um delicado beijo na bochecha de Demi e depositou ao seu lado na cama uma rosa vermelha, depois saiu do quarto e deitou na própria cama embora soubesse que não conseguiria dormir.
Fim do Capítulo


Ah Pirando aqui 25 SEGUIDORAS Obrigada a todas que seguem e leiam e comentam também ... Beijinhos Com Glitter E divulguem o meu Blog !!!

6 comentários:

  1. Nossa, o Eric ainda gosta da Demi :O
    Achei que ele já tinha superado quando apareceu namorando a Miley...
    Posta logo!
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Acho que a Cacau se inspirou um pouco em The Secret Circle :DD - amo esse seriado!!
    Quero uma duplicata do Joe pra mim *-* Acordar com uma rosa sobre a cama todos os dias deve ser asdfgjhgasdfghsa!!
    Posta logo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom isso eu ñ sei eu nunca vi ... Eu tbm quero o Joe pra mim não precisa nem da rosa só ele tabom ... Postei

      Excluir
  3. Ah! Estou meio sem criatividade pra continuar minha fic :S Hahahaha Estou no meio do próximo capítulo, mas não sei quando vou postar... Mas minha fic ta uma merda. Tava querendo fazer outra, mas pediram pra eu continuar. Enfim... espero que desista de ler minha fic haha xx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah q Pena ... Mais continuo AMANDO a sua fic ... Bjos

      Excluir