quarta-feira, 2 de maio de 2012

5º – Odeio quando não está por perto e o fato de não me ligar, 6º - Odeio quando você mente, 7º - Odeio como está sempre certo, 8º - Odeio quando me faz rir muito e 9º - Odeio ainda mais quando me faz chorar


Quando acordou no dia seguinte Demi teve medo de abrir os olhos. Estava cansada, sua cabeça doía, mas apesar de tudo ela nunca se sentira tão bem em toda a sua vida e o sentimento a assustava, o que aconteceria quando ela abrisse os olhos? Respirou fundo uma vez e encarou a claridade que entrava pela janela, ferindo seus olhos, estava sozinha na enorme cama, vestida na camiseta velha de Joe, não havia sinal dele em lugar nenhum, nenhum vestígio de que estivera ali, exceto pelo seu perfume doce. Criando coragem, Demi se levantou e desceu as escadas. Seus amigos estavam acordados na cozinha, mas apenas Selena, Miley e Kevin estavam ali, não havia sinal de Joe nem Nick.
__Bom dia__ ela murmurou se sentando em uma cadeira.
__Bom dia dorminhoca, você está horrível__ Kevin zombou.
__Obrigada__ ela sorriu cinicamente__ cadê o Nick e o Joe?
__Mamãe e papai ligaram aqui pra casa mais cedo e pediram pra eles irem resolver um problema, que eu por acaso já até me esqueci do que se tratava__ ele disse rindo__ eu fiquei pra que as donzelas tivessem companhia ao acordar.
__Que gentil__ ela zombou, então suspirou um pouco aliviada, talvez fosse melhor mesmo dar um tempo antes de poder conversar com Joe, pra pensar no que dizer e se preparar pra qualquer coisa que viesse.
__Onde você estava em?__ Selena perguntou__ quando acordamos você não estava aqui na sala.
__Ah, eu não consegui dormir ontem à noite e então fui pro quarto de hospedes ouvir musica no meu celular__ ela explicou tomando um gole de suco__ acabei pegando no sono por lá.
__No quarto de hóspedes?__ Kevin a olhou desconfiado__ engraçado, porque hoje de manhã quando acordei Joe também não estava na sala, eu subi pra procurá-lo no quarto dele e o vi saindo de fininho do quarto de hóspedes, com cara de quem não dormiu nada e... Só de sunga.
Demi gelou por dentro e engoliu em seco sem saber o que dizer. Miley arregalou os olhos juntando os pedaços primeiro.
__NÃO__ ela murmurou surpresa__ vocês dormiram juntos?
__O que? Porque acha isso?__ Demi riu nervosa.
__Você está descabelada, com cara de satisfação, usando a camiseta de Joe, e tem a marca de um chupão enorme no seu pescoço__ ela respondeu e Demi automaticamente levou a mão as pescoço arregalando os olhos__ vocês transaram.
__NÃO__ ela tentou negar.
Selena cuspiu todo o suco que tinha posto na boca na cara de Kevin com a surpresa.
__Você e Joe transaram? COMO ASSIM?__ ela gritou.
__Você cuspiu em mim__ Kevin resmungou amargurado__ fala sério.
__Conta tudo, como foi que uma coisa dessas aconteceu?__ exigiram saber.
__Parem de me olhar assim__ ela se encolheu envergonhada.
__CONTA AGORA LOVATO__ Miley ordenou.
Demi respirou fundo, corando ao se lembrar da noite passada e tudo que aconteceu, seu coração disparou no peito.
__Eu sei lá__ ela gaguejou nervosa__ eu tava no quarto e ele apareceu pra me irritar, ai começou a falar umas coisas estranhas, nós dois estávamos bêbados por culpa da Vodka e da Tequila, acabou acontecendo ta legal?
__E vocês vão parar de brigar agora?
__Vão voltar a ficar juntos?
__Vocês estão namorando?
As perguntas vieram todas de uma vez, deixando Demi meio zonza.
__Parem com isso, eu não sei, eu não sei__ ela se levantou irritada__ agente não conversou ta legal? Eu não sei o que vai acontecer, agente tava bêbado e... Eu não sei. Ele foi um doce comigo ontem, quer dizer... Ele disse umas coisas e foi gentil, mas eu não sei o que vai acontecer, não me perguntem nada, eu não quero pensar nisso agora.
Demi se levantou correndo e voltou ao quarto de hóspedes, tirou a camiseta de Joe, querendo se livrar do cheiro dele, mas não sairia tão fácil, estava impregnado na sua pele, por todo seu corpo. Ela vestiu sua roupa, pegou seu celular e saiu da casa sem falar mais nada com os amigos, só queria um tempo sozinha pra poder pensar.
O dia pareceu se arrastar depois disso. Demi ficou o tempo todo sentada ao lado do telefone como uma perfeita idiota, esperando que ele ligasse pra falar com ela, e também olhava pela janela a cada cinco minutos esperando que ele aparecesse, que pedisse pra conversar, mas nenhuma dessas coisas aconteceu, ele simplesmente não deu nenhum sinal de vida o dia inteiro. Tentou não ficar magoada com isso, afinal ele tinha sido pra fazer um favor pros pais, mas era inevitável não se sentir mal.
__Demi, posso entrar?__ ela ergueu os olhos e viu Selena parada na porta do seu quarto.
__Claro__ respondeu um tanto decepcionada, porque não podia ser Joe?
__Fiquei esperando noticias suas o dia inteiro__ ela disse se sentando ao lado da amiga__ você, hum... Falou com Joe?
__Não, ele já voltou com o Nick?
__Eles voltaram ainda era cedo Demi, umas dez da manhã mais ou menos__ Selena respondeu e viu os olhos de Demi vagando até o relógio, já eram oito da noite.
__Ele não ligou, nem deu sinal de vida__ Demi sussurrou com um suspiro.
__Demi...
__Eu sou idiota? Por criar esperanças?__ ela perguntou tristemente__ quer dizer... Ontem a noite foi diferente, foi perfeito, foi como se eu estivesse com o meu Joe sabe? O meu melhor amigo. Eu achei que as coisas iam finalmente dar certo, eu sou uma burra não sou?
__Claro que não, você é só uma garota apaixonada.
__Justo por quem eu tinha que me apaixonar__ ela respirou fundo não querendo chorar__ porque ele faz isso comigo Sel? Porque brinca comigo desse jeito, eu não consigo entender, o que foi que eu fiz de tão ruim pra ele? Porque ele me odeia tanto?
__Eu queria poder te responder.
__O que eu devo fazer? Eu sei que tenho que esquecê-lo, que é o certo a fazer mas não consigo. Sempre que estou quase chegando lá, que estou quase conseguindo superar, ele mexe de novo com a minha cabeça, muda tudo e eu caio feito uma idiota. Me ajuda Selena, me diz o que fazer__ ela abraçou a amiga agoniada.
__Escuta, isso pode parecer meio idiota, mas me ajudou muito__ Selena se levantou e foi até escrivaninha, arrancando um pedaço de papel e pagando uma caneta e entregando a Demi__ faça uma lista. Faça uma lista das coisas que você não gosta nele.
__O que?__ Demi a encarou confusa.
__Quando eu estava apaixonada pelo Will eu fiz uma lista dessas, chamei de 10 coisas que eu odeio em você.
__Como o filme?
__É como o filme__ Selena concordou__ quer dizer, nós tínhamos muita coisa boa juntos, mas também tinha as ruins e chegou em um ponto que eu não sabia se as coisas boas valiam mais a pena, então fiz uma lista pra balancear e percebi que no fim das contas tinham mais coisas ruins que boas. Foi por isso que terminei com ele, e graças a isso comecei a namorar o Nick, eu faço essa lista com todos os carinhas que eu gosto na verdade, o Nick foi o único que sobreviveu, não encontrei nem cinco coisas.
__Eu não sei__ Demi disse incerta.
__Ao menos tente__ ela insistiu__ primeiro, pense me coisas boas.
__Bom... Eu sou apaixonada por ele e... Agente poderia ficar junto.
__E...
__Não sei, nossa história não tem pontos positivos a muito tempo__ ela suspirou.
__Viu só? Agora pense nas coisas ruins, que você odeia nele. Quando terminar a lista, sei que você vai finalmente saber o que fazer, vai perceber se vale ou não a pena todas as lágrimas que você derramou por ele.
Demi encarou o papel por um longo minuto, e então com um suspiro acenou positivamente com a cabeça.
__Vou tentar, não custa nada.
__Muito bom__ Selena sorriu__ tenho que sair com a minha mãe, só passei pra saber como estava, conversamos depois.
__Tudo bem Sel, obrigada.
A amiga saiu, a deixando sozinha e depois de um minuto de reflexão Demi começou a fazer a sua lista, surpresa em como foi fácil começar, mais fácil do que pensar em pontos positivos. E conforme escrevia ela realmente ia se sentindo melhor.
Fim do Capítulo

Demi estava sentada na areia da praia olhando o mar, os pensamentos distantes, estava se sentindo perdida. Ainda esperava que Joe fosse aparecer a qualquer momento, sorrir pra ela e lhe dizer que aquela noite passada tinha sido tão especial pra ele quanto avia sido pra ela, mas sabia que era uma esperança vã, pois se ele pensasse mesmo isso já teria ido atrás dela. Demi só conseguiu se distrair um pouco de sua tristeza quando Trevor apareceu, eles tiveram um caso algum tempo atrás, quando Demi e Joe se separaram, mas agora era coisa do passado e tinham virado bons amigos, e ele ainda tinha facilidade em fazê-la rir, pois em poucos minutos de conversa ela não se lembrava quando fora a ultima vez que rira tanto.
__Vou buscar um suco pra mim, você quer?__ ele perguntou se levantando.
__Não obrigado__ ela agradeceu com um sorriso.
__Ok, eu já volto.
Enquanto Trevor se afastava Demi olhou em outra direção e seu coração quase parou de bater ao ver Joe. Ele estava olhando pra ela e não parecia feliz e assim que seus olhos se encontraram ele virou a cara, segurando a latinha de refrigerante com mais força do que deveria e respirando fundo. Demi não gostou daquilo, ele estava com raiva, será que era culpa dela? Mesmo assim criou coragem, se levantou e foi até ele.
__Oi Joe__ ela sorriu fraco, tentando conter o nervosismo.
__Oi__ ele respondeu secamente sem nem olhar pra ela.
__Você sumiu ontem__ ela comentou__ pensei que fosse ligar ou algo assim.
Ele respirou fundo por um momento, seus olhos fitaram o garoto que antes estava sentado com Demi fazendo-a rir e que agora os observava de longe curioso, com seu copo de suco na mão, então ele virou o rosto pra Demi, fazendo sua melhor expressão de indiferença, só o olhar dele já fizera Demi sufocar.
__Ligar pra você?__ ele pareceu divertido__ porque eu faria isso?
__Bom__ Demi gaguejou, sabia que deveria parar de falar e ir embora, mas queria saber o porque__ pensei que depois do que aconteceu noite passada... Eu achei que... Pensei... __ ela não conseguia terminar a frase.
__Pensou o que? Que viraríamos namorados e andaríamos por ai de mãos dadas?__ ele debochou__ fala sério, vocês mulheres são tão sentimentais, foi só sexo.
Demi sentiu os olhos arderem, mas respirou fundo ainda o fitando seriamente.
__Mas... As coisas que você disse e...
__Lovato, eu só disse aquilo que você queria ouvir, eu sei como agradar as garotas ok?__ ele revirou os olhos__ se eu te tratasse de outro jeito você ia sair correndo de mim.
__Então mentiu pra mim?
__Pensei que estivesse claro__ ele falou agora de forma grosseira__ eu não te suporto e você não me suporta, ponto final.
__Se não gosta de mim então porque fez aquilo?
__Porque eu estava bêbado, excitado e você é gostosa... Chata, mas ainda assim gostosa__ deu de ombros__ três ótimos motivos.
__Se aproveitou de mim__ ela sussurrou com a voz embargada, queria muito se desmanchar em lágrimas, mas se recusava a fazer isso na frente dele, ele não merecia suas lágrimas. Não acreditava que tinha sido tão estúpida.
__Não me aproveitei de ninguém__ ele corrigiu__ não te obriguei a nada garota, você transou comigo porque quis. Porque tanto escândalo? Aposto que não é a primeira vez que dá pro primeiro que te diz alguma coisa bonitinha. Foi assim com o Trevor não foi? O que ele fez? Te deu um presente ou disse que te amava? Aposto que não precisa tanto pra convencer você.
Demi o encarou completamente chocada e humilhada, como pode sequer por um minuto achar que Joe realmente gostava dela? Como pode pensar que as coisas seriam diferentes? Ele era um mentiroso, tinha mentido pra ela e lhe levado a fazer uma coisa da qual ela se arrependeria eternamente, tinha deixado que ele a tocasse da forma mais pessoal e íntima, deixado que a visse vulnerável, agora ela se sentia idiota e suja. Engoliu as lágrimas, jurou pra si mesma que não ia chorar e não o fez, mas o encarou, manteve seus olhos fixos nos dele e Joe ficou incomodado com o desprezo que viu naquele gesto.
__Sabe de uma coisa?__ sua voz era seca e sem vida__ nesses últimos dois anos, mesmo com tudo que aconteceu, com as coisas que você fez e me disse, mesmo com tudo que tive que aturar da sua parte, no fundo eu ainda acreditava que meu melhor amigo estava em algum lugar ai dentro e tinha esperanças que ele voltasse, eu desejava que ele voltasse. Mas agora vejo o quão tola eu fui, aquele garoto incrível que eu conhecia morreu, não sei como aconteceu, mas agora eu vejo que ele não existe mais.
__Você...
__Cala a boca__ ela o interrompeu irritada__ você, por mais que me odeie, e mesmo que eu não saiba o motivo e na verdade não me importa mais, não tinha o direito de fazer comigo o que fez. Não tinha o direito de se aproveitar de mim dessa forma, isso foi baixo e sujo até mesmo pra você Joe, você devia saber que eu não sou assim, que não sou esse tipo de garota e quer saber de uma coisa? Não me importa mais o que você pensa de mim, eu quero mais é que você morra.
Joe se encolheu com a intensidade do ódio nas palavras e no olhar dela.
__Passei dois anos me iludindo, mas te agradeço por finalmente ter me aberto os olhos. Pode ficar orgulhoso, você finalmente conseguiu, eu te acho a criatura mais desprezível do mundo e agradeceria muito se a partir desse momento você nunca mais dirigisse a palavra pra mim e nem olhasse na minha cara, porque eu tenho nojo de você, tenho nojo de uma pessoa tão baixa e mesquinha como você e quero distancia de alguém assim. Espero que esteja feliz... Você realmente conseguiu o que queria... Eu odeio você.
Aquela ultima frase atravessou o peito de Joe como uma facada, e ele não imaginou que ouvir aquilo um dia poderia ser tão doloroso. Sem mais uma palavra, Demi lhe deu as costas e foi embora, cumprindo sua promessa e não derramando uma lágrima sequer, Joe estava morto pra ela. Já ele ficou parado lá encarando o nada, todo seu corpo parecia dormente, ele não sentia nem enxergava mais nada. O mundo parecia ter virado de cabeça pra baixo, e ele não conseguia sentir seu coração batendo.
Tentou ficar com raiva, tentou sorrir pelo que tinha feito, tentou sentir qualquer coisa, mas não conseguiu. Não parecia que apenas duas noites atrás se sentira tão vivo e tão estranhamente completo por dentro, não parecia que tinha se sentido tão bem, feliz como já não era há dois anos desde que tudo aconteceu. Naquele momento não parecia que conseguiria respirar de novo, na verdade começava a se sentir morto pro dentro e aquilo o assustou. Ela merecia tudo que ele dissera, pensou, merecia tudo que ele a fizera passar, foi tudo culpa dela, foi ela que despedaçou seu coração, mas nem aquele pensamento, nem a lembrança do motivo pelo qual tudo aquilo acontecera conseguiu fazer ele se sentir menos infeliz.
Sem pensar muito no que fazia, perdida em sua dor e confusão, Demi só se deu conta de onde estava quando Selena abriu a porta de sua casa e a olhou com espanto, como se visse um fantasma, será que ela parecia tão horrível quanto se sentia?
__O que foi que aconteceu Demi?__ Selena perguntou preocupada.
__Ele conseguiu__ ela sussurrou, estava destruída por dentro mas se recusava a chorar, ela não ia derramar uma lágrima por ele, ele não merecia__ ele despedaçou meu coração Sel, e dói tanto.
__Oh amiga__ Selena a abraçou__ eu sinto muito, eu devia saber que isso ia acontecer, Joe é um idiota. Não se preocupe, nós vamos concertar isso, essa dor vai passar amiga, fica tranquila.
__Não__ ela negou balançando levemente a cabeça__ não tem como concertar, perdi os pedaços quebrados pelo meio do caminho e sei que não vou encontrá-los nunca mais.
__O que ele fez com você minha princesa?__ acariciou os cabelos da amiga.
__Eu sou tão estúpida Selena, mas agora aprendi a lição__ ela respirou fundo pra se recompor__ eu vou esquecê-lo, vou tratá-lo daqui por diante como ele realmente merece, com indiferença. Eu não vou derramar nenhuma lágrima por ele, porque ele não merece minhas lágrimas, nem o tempo que passo pensando nele, muito menos espaço no meu coração, eu cansei.
__Você está certa, ele não merece você.
__Você me ajuda?__ Demi perguntou a olhando com tristeza__ me ajuda a melhorar?
__Sabe que pode contar sempre comigo Demi, sempre.
__Obrigada.
As duas ficaram ali um tempo abraçadas, e a companhia da amiga ia amenizando aquele vazio enorme em seu peito. Ela pediu pra dormir ali aquela noite, não queria ter de ficar sozinha e Selena concordou sem problemas. Demi tomou um longo e demorado banho quente, e enquanto fazia, esfregava a própria pele com força, como se quisesse arrancá-la fora com sua raiva, trocar por uma que ele nunca tivesse posto as mãos, os lábios, se sentia tão suja e usada, como um objeto e aquilo e a sensação era horrível. Principalmente sentia-se tola, não podia acreditar que tinha pensado que aquela noite fora especial pra Joe, que tinha significado alguma coisa, ela devia ter aceitado há dois anos o fim, mas suas esperanças só a magoaram mais.
Foi difícil conseguir dormir, mas a companhia de Selena a fazia sentir-se bem e segura dos problemas, e quando finalmente adormeceu foi um sono tranquilo e indolor. Selena suspirou observando a amiga dormir e sentindo-se mal por vê-la tão triste, ela não merecia isso, não merecia sofrer daquele jeito, mas algo na história de Joe e Demi a incomodava profundamente, ninguém, nem mesmo Joe mudava assim de uma hora pra outra sem motivos, não era possível que alguém tão doce como ele tenha se tornado tão amargo sem uma boa razão. Ela se lembrava da forma como Joe olhava pra Demi, como se ela fosse à coisa mais linda do mundo, o modo como seus olhos brilhavam era algo que ela nunca viu em nenhuma outra pessoa. O jeito como ele sorria ao vê-la, ou mesmo somente quando tocavam no nome dela, com ao defendia e como estava feliz ao lado dela, simplesmente não era possível que tudo aquilo tenha desaparecido assim, não era possível que fosse tudo mentira, ela sabia que tinha alguma errada, mas também sabia que não tinha mais concerto e que o único jeito agora era esquecer. Nada do que fizesse apagaria o sofrimento de Demi.
Fim do Capítulo

Amanhã ficou mais esquisita quando a professora de Biologia organizou um trabalho em dupla, pra que os grupos respondessem juntos as dez questões que ela passara e escolheu ela mesma quem seriam as duplas, colocando Joe e Demi para trabalharem juntos. Mas não foi essa a parte esquisita, o fato era que Joe estava esperando uma atitude agressiva da parte dela, reclamações, discórdia, achou que ela tentaria de tudo pra não ter de se sentar com ele pra fazer o trabalho, mas quando a professora terminou se anunciar as duplas ela fez a única coisa que ele não estava esperando. Ela se levantou em silencio e se sentou ao lado dele abrindo o livro na página do dever que a professora indicara.
__Então__ ela comentou despreocupada__ eu respondo do número um a cinco, e você do seis a dez?
__O... O que?__ ele a encarou confuso.
__O dever, cada um faz metade? Não está bom pra você?__ ela respondeu pacientemente.
__Hum... Claro__ ele concordou.
Joe observou por um momento Demi mexer no livro completamente distraída e alheia a presença dele ao seu lado, ele não conseguia entender porque, mas ela decidira noite passada que o melhor tratamento para alguém como ele era a indiferença, ela simplesmente não permitiria que ele controlasse seus pensamentos e emoções nunca mais.
__Não vai reclamar?__ ele por fim perguntou impaciente.
__Reclamar do que?__ perguntou sem olhá-lo, não demonstrando nenhum interesse no que ele dizia.
__Porque temos de fazer o trabalho juntos__ ele respondeu tentando manter a fachada de idiota__ aposto que preferia estar com o Trevor como eu preferia estar com uma das três K.
__Na verdade não__ ela deu de ombros__ óbvio que qualquer companhia é melhor que a sua, porém o Trevor é um preguiçoso e eu teria que fazer tudo sozinha e as três K provavelmente não te ajudariam em nada também.
Ele quis dizer mais alguma coisa, mas não lhe ocorreu nada, então se concentrou em fazer o trabalho, e aquilo foi mais difícil do que pensava. Ficar tanto tempo ao lado de Demi sem brigar era algo fora do comum, não que ele não tenha tentado, ele a provocou de todas as maneiras que conseguiu pensar, tocou até no assunto que ele queria esquecer, a briga na praia e toda aquela confusão, mas ela não se alterou em nenhum momento, não demonstrou nenhuma emoção, ela apenas deu de ombros e nem sequer olhou na cara dele.
Um tempo depois, eles finalmente terminaram a tarefa, e na hora de conferir as respostas Joe achou mais uma oportunidade de provocá-la, uma das respostas de Demi estava errada, e ele fez questão de apontar o erro.
__O número quatro está errado Lovato, você não presta atenção?
Demi encarou o papel, o analisando com cuidado.
__Pensei que fosse a mais inteligente da turma__ ele provocou__ eu acertei minha parte e a sua, que coisa não?
__Você tem razão, está errado__ ela disse concertando a resposta__ obrigada por avisar.
Ele a encarou com incredulidade__ está me dando razão?
__Você está mesmo certo, qual o problema?__ ela finalmente o olhou nos olhos e ele se sentiu vazio por dentro com o desprezo e a indiferença que viu ali. Estava acostumado a ser o motivo da raiva dela, do ódio, mas não a não significar absolutamente nada.
Ele não teve uma boa resposta e Demi se levantou pra entregar o trabalho à professora, o sinal do intervalo bateu logo em seguida. Demi arrumou suas coisas em silencio enquanto Joe a olhava incrédulo. Nicholas e Selena se aproximaram.
__Foi impressão minha ou vocês dois passaram mais de uma hora juntos sem brigar?__ Nick disse rindo__ o que houve?
__Eu só decidi não perder mais meu tempo com o que não vale a pena__ Demi deu de ombros__ vamos comer Selena?
__Claro.
As duas saíram e Nick e Joe ficaram sozinhos.
__Cara, o que foi que você fez pra levar um gelo tão grande? Nunca vi a Demi tão... Fria.
__Quem se importa?__ fingiu indiferença__ eu quero que ela se exploda.
__Joe, sério cara... O que aconteceu com vocês? Eu não entendo__ Nick suspirou__ vocês se davam tão bem. Eu estava conversando ontem com o Kevin e me lembrei de uma conversa que nós tivemos, você estava tão feliz, você me contou que tava apaixonado e que pretendia pedir a Demis em namoro, agente tava tão contente com a ideia. Porque mudou de ideia? Porque deu o fora nela? O que foi que aconteceu?
__Nada.
__Joe, qual é... Tem que ter acontecido alguma coisa.
__Ela não era a pessoa que eu pensava que fosse ok? A culpa não foi minha e sim dela__ gritou irritado__ ela é a traidora e não eu, porque não para de defendê-la um pouco e pergunta à senhorita perfeitinha o que foi que ela fez?
E irritado, Joe pegou sua mochila e deixou o irmão encarando o vazio completamente confuso.
__Você arrasou hoje Demi__ Selena disse rindo__ você tinha que ver a cara dele olhando pra você, estava se corroendo por dentro.
__Grande coisa__ ela suspirou__ continuo me sentindo um lixo.
__Ah amiga, eu não gostou de ter ver assim.
__Vai passar__ ela forçou um sorriso.
Selena observou enquanto Demi puxava da bolsa um papel e uma caneta e começava a escrever.
__O que é isso?
__Minha lista__ ela respondeu__ dez coisas que eu odeio em você.
__Ainda ta fazendo isso?__ Selena pareceu confusa__ achei que não precisasse mais.
__Eu quero terminar__ ela disse simplesmente__ talvez quando eu escrever a décima coisa, eu consiga respirar de novo.
__Quantas já escreveu?
__Sete__ Demi dobrou cuidadosamente o papel e guardou na bolsa__ vai ficando cada vez mais fácil.
Mais três coisas, ela precisava de mais três coisas pra sua lista. Podia parecer uma bobagem, mas aquilo realmente estava ajudando ela a seguir em frente, colocar pra fora de uma maneira simples à raiva que ela não queria demonstrar, simplesmente não podia dar esse gostinho ao Jonas. Ela esperou dois anos, mas no momento que terminasse aquela lista sabia que não teria mais volta.
Fim do Capítulo

Mais um dia de aula, mais um dia de desprezo.
Joe estava tentando não ligar pra indiferença de Demi, na maior parte do tempo conseguia, mas mesmo assim era difícil, qualquer insulto dela era melhor do aquilo. Nick era outro que não prestava atenção em outra coisa a não ser em Joe e Demi. Ele não tinha perguntado a Demi como Joe sugeriu, nem havia tentado fazer Joe falar, pois sabia o quanto ele estava irritado e o quanto isso era ruim, mas não conseguia parar de pensar no que ele dissera, o que Demi poderia ter feito de tão ruim pra que o Joe ficasse daquele jeito? Ela saberia se a culpa tivesse sido dela, não saberia? Não fazia sentido.
__Que foi amor?__ Selena perguntou percebendo como o namorado estava pensativo.
__Estou pensando em algo que Joe me disse.
__Algum insulto?__ supôs.
__Sobre a Demi__ ele explicou__ ele disse que a culpa de tudo que aconteceu foi dela, que ela era a traidora e não ele.
__Como assim?
__Não sei__ ela sacudiu a cabeça frustrado__ o que a Demi poderia ter feito pra ele? Ela era completamente apaixonada por ele, não o trairia e nem faria nada pra magoá-lo, isso simplesmente não faz sentido.
__Espera, espera__ ela pediu__ está tentando me dizer que o Joe jogou a culpa de tudo na Demi? E que de alguma forma muito estranha ele gosta dela?
__Gostava__ corrigiu__ alguma coisa que aconteceu dois anos atrás o fez ficar com muita raiva.
__A Demi não fez nada dois anos atrás__ Selena revirou os olhos__ dois anos atrás ela estava ocupada suspirando de amores pelo Joe, falando dele o tempo todo, sorrindo feito idiota. Dois anos atrás o Joe enlouqueceu, foi isso que aconteceu.
__Você não sabe disso.
__Não tente defendê-lo Nicholas, o errado na história é ele e não a Demis, por favor né?
__Tem alguma coisa errada nessa história, eu sei que tem.
Nenhum dos dois imaginava o motivo pra toda aquela confusão e muito menos quem fora o culpado, mal sabiam eles que tudo não passara de um grande mal entendido graças a um pedido que Selena fizera a Demi anos atrás, e que agora ela tinha se esquecido.
Demi tentou se concentrar na aula, mas foi difícil. Aquele professor não tinha o mínimo de autoridade em sala de aula e por isso todos os alunos gostavam de zoá-lo, principalmente Joe, que naquele dia estava especialmente idiota, fazendo piadinhas pelas costas do pobre coitado, arrancando risadas de toda turma. E o pior, dela também. Também não sorrir com as coisas que ele fazia, mas era em vão, e isso a deixava tremendamente zangada, estava morrendo de raiva dele, mas ainda assim ele conseguia fazê-la rir.
E Joe é claro, não deixou de perceber o fato, ele sorriu ao vê-la rindo das gracinhas que ele fazia, nos últimos dias só o que ela tinha feito era ignorá-lo, mas ele conseguira fazê-la sorrir. Ele se odiou por isso, por apesar da raiva que sentia ainda ter aquela necessidade de ter a atenção dela, se odiou por ficar feliz com um gesto tão singelo quanto um sorriso. Um gesto que se desfez quando ela percebeu que ele a olhava.
__Uh, que ódio__ ele resmungou com Miley mas sem demonstrar em sua expressão a raiva que sentia.
__O que foi amiga?
__Esse idiota fica me olhando o tempo todo, parece que faz de propósito pra me irritar, e mesmo com raiva ele ainda me faz rir, você não acha irritante? Eu queria arrancar fora os olhos dele.
__Respira fundo Demi, não deixa que ele te abale desse jeito.
__É fácil falar__ revirou os olhos.
Demi pegou sua lista e escreveu mais uma coisa. Aquilo a fez se acalmar um pouco, mas ainda não era o bastante, só queria que aquela aula terminasse logo pra que ela pudesse ir pra casa e não ver mais a cara dele. Mas ele continuava lá olhando pra ela, e por mais que tentasse Demi não conseguia entendê-lo, não conseguia entender a emoção nos olhos dele, ele era complicado demais.
Quando outra aula começou Demi finalmente achou que teria um pouquinho de paz, mas as gracinhas só aumentaram, as risadas na sala eram contagiantes e ela simplesmente não conseguia conter a vontade de sorrir, até perder a paciência consigo mesma e pegar a mochila e sair da sala apressada sem pedir licença, ficar no mesmo lugar que ele era simplesmente impossível, era ruim demais e ela não era tão fria quanto fazia parecer.
Fim do Capítulo

Antes que pudesse se conter Joe estava se levantando e indo atrás dela. A achou no pátio, encostada no muro com ar de tristeza enquanto encara o chão, ele estava dividido, queria correr até lá e dizer uma verdades pra ela, esbravejar a sua raiva, dispersar todos aqueles sentimentos controversos dentro dele que a cada segundo o deixavam mais confuso.
__O que você quer?__ Demi perguntou zangada quando o viu parado ali lhe encarando__ me deixa em paz, já não me perturbou o bastante por hoje? Ou pelo resto da minha vida? Me esquece.
__Você é uma falsa__ ele acusou__ fica por ai espalhando pra todo mundo que eu sou o idiota quando a culpa de tudo foi sua.
__Minha culpa?__ ela deu uma risada, mas não havia humor__ o que foi que eu fiz pra você? Me diz quando foi que aconteceu, porque eu sinceramente não sei do que você está falando.
__Mentirosa__ murmurou zangado, como ela podia ser tão falsa? Ela disse um monte de mentiras a ele, o fez acreditar que estava apaixonada só pra depois apunhalá-lo pelas costas e ainda o fazia parecer o cara mal__ você não é nada diferente das garotas que vive julgando por ai.
__Você não me conhece e não tem o direito de falar de mim, foi você que destruiu tudo e não eu.
__Eu só dei aquilo que você merecia.
Ele lhe deu as costas pra se afastar, não queria mais olhar pra ela, mas assim que se virou deu de cara Kelly.
__Que bom que te achei gatinho.
E antes que ele pudesse reagir ela o agarrou e o beijou. Aquilo o pegou tão de surpresa que ele não conseguiu afastá-la, só beijá-la de volta embora não estivesse com a menor vontade, e embora Demi houvesse prometido, e embora tivesse feito um enorme esforço não conseguiu segurar, as lágrimas desceram livremente por seu rosto e quase sufocou com os soluços. Ao vê-lo beijando outra bem na sua frente ela se lembrou da noite que tiveram e não pode evitar. Não tinha significado nada pra ele, ela era só mais um objeto e por mais que tentasse não parecia que em algum momento ia deixar de doer. Ela o amava, e não adiantava fingir que era diferente.
Quando Joe finalmente voltou a si afastou Kelly dele com um empurrão brusco, não estava com humor praquilo. A primeira coisa que viu foi Selena parada bem atrás de Kelly olhando pra eles cheia de raiva, e depois se virou pra ver Demi se desmanchando em lágrimas e aquilo partiu seu coração.
Ela deu as costas a eles e saiu correndo, ele pensou em ir atrás, mas Selena agarrou seu braço o impedindo.
__Deixa ela em paz__ avisou e olhou pra Kelly__ some daqui vadia.
__O que?__ a olhou indignada.
__Vaza daqui antes que eu arranque seu aplique.
Mesmo zangada a garota foi embora e Selena direcionou sua raiva a Joe.
__Me solta Selena, eu não quero machucar você.
__Qual a seu problema Joe?
__Ela__ acusou novamente irritado.
__Porque está fazendo isso?
__Pergunte a ela__ ordenou__ ela é que a falsa, aquelas lágrimas não podem ser por minha culpa, foi ela quem quis assim.
__Será que dá pra me explicar do que você ta falando? A Demi é apaixonada por você seu idiota, do que está culpando ela? De te amar? Isso é uma tremenda burrice, eu concordo.
__Ela não gosta de mim, se gostasse não teria me traído.
__Do que diabos você está falando?__ questionou já sem paciência__ quando ela te traiu?
Joe respirou fundo tentando controlar suas emoções e olhou sério pra Selena.
__Foi há dois anos__ ele murmurou um pouco mais tranquilo__ você sabe o quanto agente se gostava, não escondíamos isso de ninguém, e embora não tivéssemos tornado oficial agente estava namorando, só faltava eu fazer o pedido.
__Sei disso__ concordou.
__Depois da ultima vez que agente ficou, quando agente quase... Transou__ ele disse sem jeito__ eu decidi finalmente pedir ela oficialmente em namoro, eu comprei um anel e tudo__ revirou os olhos se achando um completo imbecil__ eu fui a casa dela aquele dia, feliz da vida como um perfeito idiota e vi ela no parque, com o Trevor.
__Trevor?__ Selena pareceu confusa.
__Eles estavam ficando, estavam aos beijos no parque__ ele disse desviando os olhos do rosto dela__ ela tinha me dito que estava apaixonada por mim e eu acreditei, tínhamos combinado não ficar com mais ninguém, era pra ser só nós e eu achei que podia virar algo sério, mas ela só estava brincando comigo.
Selena o encarou por um tempo sem acreditar no que estava ouvindo e Joe percebeu como ela estava nervosa, quase... Culpada.
__O que?__ ele a fitou confuso.
__Oh Deus, o que foi que eu fiz?__ ela escondeu o rosto nas mãos.
__Como assim o que você fez? Selena, do que está falando?
Ela respirou fundo e olhou pra ele nervosa.
__Naquela época eu estava apaixonada pelo Will, você lembra disso?__ ela perguntou.
__Lembro, você só falava nele e deixava o Nick morto de ciúmes, o que tem haver?
__Tem que eu não tinha coragem de falar com ele e então pedi ajuda ao irmão dele, o Trevor.
Joe esperou que ela continuasse ainda sem entender onde ela queria chegar.
__O Trevor disse que só me ajudaria a ficar com o irmão dele se... Se ele pudesse ficar com a Demi. Eu disse que ela já estava ficando com você e que isso não ia rolar, então ele tentou negociar, disse que só queria um beijo dela e então o Will seria meu. Então eu pedi a Demi pra me ajudar, disse que eu queria muito ficar com o Will e que estava nas mãos delas, ela recusou por sua causa, disse que estava apaixonada e que tinha prometido que não ficaria com mais ninguém.
Joe começou a ficar tenso com aquela história.
__Eu implorei de todas as formas Joe, chorei horrores na frente dela, disse que se não fizesse aquilo era porque não era minha amiga e que eu não ia perdoá-la nunca. Eu estava mal de verdade, eu era gamada no Will e queria aquilo mais que tudo, ela... Ela não aguentou me ver sofrer e topou dar o que ele queria, o combinado foi apenas um beijo.
__Está brincando comigo certo?__ ele riu nervoso.
__Não, ela encontrou com ele na praça aquele dia e deu o beijo que ele tanto queria, mas nada, foi só um beijo__ Selena garantiu__ ai o Trevor ficou todo feliz e me ajudou com o Will, a Demi ficou com raiva de mim por causa disso, ela não gostava do Trevor e se sentiu uma idiota por ter quebrado a promessa que te fez, mas ai você apareceu todo irritado e terminou com ela sem dizer por quê... Eu não fazia ideia que tinha sido por conta disso, se você tivesse perguntado, eu podia ter explicado pra você.
__Não, não__ ele sacudiu a cabeça__ só pode ser brincadeira... Ela gostava dele, eu sei que sim. Eu fiquei irritado aquele dia por conta do beijo é verdade, eu nem quis falar com ela, a ignorei, mas eu mudei de ideia depois, afinal agente não tava namorando ainda, então eu fui pedir desculpas, mas vi ela ficando com Trevor de novo.
__Culpa minha de novo__ Selena gemeu inconformada__ dois dias é muito tempo pra se ficar longe e ser ignorada pela pessoa que você gosta sem saber o motivo Joe. A Demi chorou horrores de tristeza porque você brigou com ela, e eu enchi a cabeça dela de coisas, disse que ela tinha que te deixar pra lá, e aconselhei que o melhor jeito de te esquecer era ficando com outro, ela acabou aceitando, estava magoada... Mas ela não te traiu, não exatamente, ela nunca quis te magoar nem nada disso.
Joe encarou Selena sem acreditar que estava ouvindo aquilo.
__Está tentando me dizer que todo esse tempo eu banquei o idiota com ela injustamente e por sua culpa?
__Eu sinto muito__ ela implorou__ a Demi sempre foi completamente apaixonada por você, ainda é na verdade.
__Oh Deus__ Joe fechou os olhos com força sem acreditar naquilo__ eu sou um idiota, não acredito nisso.
__Eu me sinto péssima__ Selena disse__ me desculpa Joe.
Mas ele estava ocupado demais se martirizando pra escutar, todo esse tempo tinha dito e feito coisas horríveis com Demi sem que ela merecesse, ela não tinha o enganado, só estava tentando ajudar uma amiga, e Joe sabia que ela faria qualquer coisa por um amigo, ainda mais se ele estivesse sofrendo como Selena estava.
__Ela nunca vai me perdoar__ ele suspirou.
__Eu... Eu não... Joe...
Ele a olhou com tristeza e ela se encolheu sabendo que a culpa era sua.
__Se você tivesse ao menos perguntado, se tivesse contado pra alguém...
__Eu estava com o coração partido, não achei que nada que dissessem ia ajudar, achei que fazê-la sofrer era a solução.
__Talvez ainda dê pra concertar.
__Eu duvido.
Com um suspiro ele se afastou, deixando Selena sozinha e se sentindo culpada pela confusão que causou.
Fim do Capítulo


Fofis como eu disse ontem foi meu aniversário e com isso ñ deu mto tempo de me organizar direito minha mini comemoração começou ao 12:00 e só termino 22:00 por ai ... Então só deu tempo de postar 1 Cap (Na verdade nem deu mto tempo de postar tanto q eu só postei as 23:30 passada ... Mais como eu fiquei com peninha de vcs eu resolvi de postar pelo menos 1 cap e a Cacau já tinha postado mais 2 ou 3 cap dps do cap 4 e hj a msm coisa) Então resolvi fazer uma maratona meio diferente(Com TODOS os caps só numa postagem ñ de vim uma hora e postar um dps vim outra hora e postar outro cap ... Até msm porque fiquei com peninha de vcs pq eu me lembro q eu passava e ainda passo ansiosa quando algumas meninas resolvem fazer maratona eu fico entrando de 10 em 10 minutos pra ver se Elas postaram etc) ... Ah e OBRIGADO pelas mensagens de Parabéns ! Então por hoje é só isso ... Beijos com Glitter Fofis (Gostaram do Apelidinho q eu dei pra vcs ?)

8 comentários:

  1. Amei e Feliz Aniversário =)

    ResponderExcluir
  2. K liindo !! Poosta Looogooo !!!! Aqui , vc poderia me dizer onde a Cacau posta as fics ????

    Bjos

    ResponderExcluir
  3. OMG.QUE FIC PERFEITA!!!!!!!!!! TÔ AMANDO,CONTINUA!!
    HAPPY B'DAY!

    ResponderExcluir
  4. A culpa era da Sel? Tipo, eu nunca ia imaginar que era isso!
    Vi no outro capituolo que você me responde que fez 13 anos, eu também tenho 13 anos \o/ só que faço aniversario no final do ano, literalmente, 28 de dezembro é o dia. Não me pergunte porque, mas na minha cabeça tu tinha uns 15 anos, e eu nã faço a menor ideia do porquê disso!
    Posta Logo
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim a culpa era toda dela ... É todo mundo acha q eu tenho 15,16 na minha comemoração todo mundo me perguntava Quantos Anos 16 ? hahah ... Postei ! Bjos

      Excluir