domingo, 19 de agosto de 2012

Fifteen e Sixteen e Seventeen





You're sick of feeling numb
You're not the only one
I'll take you by the hand
And I'll show you a world that you can understand

Quando Joe me convidou para a festa na JI, a primeira coisa que pensei foi que eu não era a companhia mais indicada para ele, ainda mais em uma festa como essa, da empresa dele. Depois me preocupei porque concerteza Nancy estaria naquela festa e ela podia dizer algo que não devia ao Joe e me deixar mal, então me preocupei com o que eu iria vestir, já que ia acompanhar Joe não podia fazer feio e eu não entendia muito dessas festas de gente rica. Antes que eu surtasse com tantas preocupações Selena me socorreu, me levou ao shopping e me ajudou a escolher a roupa perfeita, com o salário que eu ganhava agora isso não foi um problema, e também contei a ela a história do Alex, tínhamos nos tornado muito próximas nos últimos tempos e eu sentia que podia confiar nela. Selena me garantiu que não havia com o que me preocupar, Nancy nunca falaria com Joe, ainda mais se eu estivesse do lado dele, e assim acabei por relaxar.
Quando sábado a noite chegou, Peter e Molly levaram os filhos para passar a noite com Matt e Manu, e Clarissa e Tânia ficaram de vigiá-los já que eu não estaria por lá. Quand deu a hora, dei uma ultima olhada no espelho do quarto. O vestido que Selena me ajudara a escolher era de um ombro só, com algumas flores no alça, soltinho, acima dos joelhos, ele começava preto e conforme ia descendo ia clareando, passando pelo cinza e terminando num tom delicado de branco e o salto também era preto. Para o penteado, fiz um meio coque em cima da cabeça e deixei o restante do cabelo solto caído nos ombros e enfeitei com uma presilha. Quando decidi que estava pronta, desci para encontrar Joe, Peter e Molly na sala.
__Desculpem pela demora__ murmurei quando me aproximei.
__Valeu toda a espera__ Peter brincou sorrindo, ele estava sempre alegre e fazendo gracinhas.
__Adorei o vestido__ Molly elogiou, ela estava deslumbrante em um vestido justo e vinho, com os cabelos loiros caindo soltos pelos ombros, ela era uma mulher muito linda, e Peter era um cara de muita sorte.
__Você está linda Demi__ Joe elogiou sorrindo.
__Obrigada__ corei envergonhada, eu não era muito de receber elogios.
Fomos à festa em um dos carros de Joe, e ele tinha vários, diga-se de passagem. Peter e Molly seguiram na frente e nós logo depois, jogando conversa fora, àquela hora da noite não tinha muito trânsito por isso chegamos lá rapidamente e sem problemas. A festa estava acontecendo em um salão da JI reservado exatamente para esse tipo de ocasião, e quando chegamos lá Joe foi cumprimentar os convidados, como se esperava do anfitrião, ele apresentou a todos como sua amiga e não como babá, mas fiquei gritei por isso, afinal todos ali presentes eram pessoas importantes e ricas.
__Você conhece mesmo toda essa gente?__ perguntei quando paramos sozinhos em um canto do salão, com uma taça de champanhe na mão. Eram muitos convidados e assim que ele dizia, eu esquecia o nome deles.
__Preciso conhecer__ ele respondeu__ são pessoas importantes para JI, sócios, clientes. Eles esperam coisas de mim, como festas desse tipo e sorrisos para fazer de conta que eu me importo com o que eles pensam. Essas pessoas não gostam de mim, só do meu dinheiro, por isso preciso conhecer cada detalhe da vida delas, para saber com quem eu estou lidando.
__E você sabe mesmo tudo sobre elas?__ perguntei na dúvida.
__Deixa eu te mostrar__ ele segurou gentilmente no meu braço e me virou para que eu pudesse observar a mulher do outro lado do salão, que ele apontou discretamente. A mulher usava um vestido extravagante vermelho e um colar enorme de Rubis no pescoço, nada chamativo__ aquela é Maya Atwood, está se divorciando do marido, mas não quer que ninguém saiba, pois vão perguntar o porque e então ela sempre diz que o casamento está as mil maravilhas.
__Porque ela está se divorciando?__ perguntei e ele sorriu.
__O marido estava traindo ela com a secretária, um clichê__ ele deu de ombros__ o caso é que o marido dela nunca gostou da JI, e ela está nos apoiando agora para afrontá-lo, o que é bom para nós já que ela vai ficar com metade do dinheiro dele no divórcio.
__Só pelo colar que ela está usando devo supor que é muito dinheiro.
__Concerteza__ ele assentiu e deu um gole em seu champanhe, então apontou discretamente para outro lugar, onde um jovem muito bonito estava de braços dados com uma mulher deslumbrante em um vestido violeta que ressaltava suas curvas__ aquele ali é Kyle Baldwyn. A mulher do lado dele não é sua namorada como parece, é uma profissional.
__Uma prostituta?__ arregalei os olhos.
__Não, não__ ele negou rindo__ uma atriz. Ele é gay, mas não se revelou ainda e não quer que a família saiba, por isso contrata a moça para fingir que é namorada dele nesses eventos importantes e ninguém desconfia.
__Como você sabe que ele é gay, se ele disfarça assim tão bem?
__Eu tenho minhas fontes, mas... Ele já deu em cima de mim uma vez, foi constrangedor.
__OH, eu imagino__ disse rindo, não consegui segurar ao imaginar a cena.
__Ali__ ele apontou para outra mulher, ela tinha os seios enormes e a pele esticada de uma forma muito estranha__ Sarah Bedford, já fez no mínimo umas dez plásticas__ aquilo explicava tudo__ ela presa muito a própria imagem, adora aparecer nos comerciais e campanhas que fazemos para a empresa do namorado dela, então um elogio dizendo o quanto ela é maravilhosa e que as câmeras a adoram e ela é nossa.
__Mas ela é horrível__ eu disse espantada.
__Eu sei, ela parece uma boneca mal feita, mas o dinheiro dela é muito bom.
__Isso soa errado.
__É o mundo dos negócios Demi, é assim que funciona__ ele deu de ombros__ aqui são todos mentirosos, que adoram parecer perfeitos, olhe com atenção__ ele foi apontando__ aquele ali é viciado em drogas, a outra tem problemas com bebida, aquele ali anda com prostitutas, são todos assim, gastam o dinheiro com bobagens acabando com a própria vida. Pelo menos na JI investimos em coisas boas e fazemos caridade com o dinheiro que ganhamos.
__Como você pode saber de todas essas coisas que ninguém mais sabe?
__Eles sabem, só gostam de fingir que não. O caso é que cada pessoa nova que se envolve com os assuntos da JI, ou da minha família, eu peço para Selena puxar a fixa, descobrir cada detalhe sobre a vida da pessoa, para que eu possa saber com quem estou lidando__ ele explicou.
__E você viu minha fixa?__ perguntei e ele deu um meio sorriso.
__Depois que te convidei para ser babá da Manu, pedi que Selena me passasse qualquer informação que descobrisse sobre você, só por precaução.
__E o que viu na minha fixa fez você ter certeza que eu seria uma boa babá?
__Bem, a fixa me dizia a sua idade, que você fez faculdade e que trabalhou com babá e como secretária uma vez, mas não dizia o tipo de pessoa que você era. De qualquer forma não me enganei quando te fiz o convite, sabia que não ia me arrepender.
Sorri dando um gole no meu champanhe, e então meu bom humor foi embora quando olhei do outro lado do salão e vi Alex ao lado da sua nova namorada Nancy. Quase me engasguei com o champanhe e senti meu coração acelerar, se Alex viesse até aqui e me visse com Joe eu estaria perdida, ele ia descobrir que eu tinha mentido.
__Você está bem?__ Joe perguntou me fitando com atenção.
__Meu ex noivo Alex está aqui__ apontei para que ele pudesse ver quem era.
__O que ele está fazendo na JI?
__Ele namora uma das suas empregadas, Nancy__ eu disse.
__Oh, aquela mulher é irritante__ ele fez careta.
__Ele não pode me ver aqui com você__ coloquei a taça em cima do balcão e olhei em volta procurando um lugar pra ir que fosse bem longe dele e daquela mulher irritante.
__Porque não quer que ele nos veja?__ Joe perguntou confuso.
__É que... __ eu o fitei meio desesperada, não sabia o que ele ia pensar se soubesse, eu estava claramente errada por mentir pro Alex daquele jeito, mas não pude evitar, e agora eu estava encurralada__ ele me viu com a Manuela no parque outro dia, não queria que ele soubesse que ainda trabalho como uma simples babá e disse que ela era filha do meu namorado.
__Você fez o que?__ ele me olhou espantado como se não acreditasse no que ouvia.
__Foi num momento de desespero, ele me deixa maluca, não consigo pensar direito__ falei rápido demais__ então vi ele no shopping com a Nancy, o Matthew disse pra eles que eu namorava com você e agora ele vai saber que eu estava mentindo.
__Porque você fez isso Demi? Porque mentiu?
__Eu sinto muito.
Não sei dizer se ele ficou com raiva, e nem esperei para descobrir, saí de perto dele o mais rápido que consegui, querendo me esconder e não dar as caras nunca mais. Eu simplesmente não conseguia evitar essa confusão de sentimentos e pensamentos que me envolviam sempre que eu via o Alex, a raiva e o ressentimento não me deixavam pensar direito e eu acabava assim, fazendo bobagens.
__Hey, aonde vai com tanta pressa?__ esbarrei em alguém e uma mão me segurou.
__Alex?__ arregalei os olhos de espanto, eu realmente não tinha nenhuma sorte.
__Oi Demi__ ele sorriu__ onde está seu namorado?
__Érr... Ele... Hum__ gaguejei nervosa, então me obriguei a respirar fundo e me acalmar__ ele está fazendo seu papel de anfitrião, dando atenção aos convidados.
__Eu tinha mesmo esperança de encontrar você por aqui sozinha__ ele disse chegando um pouco mais perto__ queria falar com você.
__Eu não tenho nada para falar com você Alex, me solta, eu tenho que...
__Hey, calma__ ele pediu__ podia me dar uma chance, pelos velhos tempos.
Ele sorriu pra mim e senti-me de repente tão perdida, porque ele insistia em ser gentil e sorrir quando eu queria que ele bancasse o idiota para que pudesse odiá-lo?
__Eu estava com saudade de você Demi, e pensei que...
__Me solta Alex__ eu insisti tentando me afastar__ me deixa em paz.
__Algum problema aqui?
Senti-me aliviada quando Joe apareceu, ele lançou um olhar nada amigável ao Alex e ele soltou meu braço imediatamente, eu me afastei, chegando mais perto de Joe, abracei a mim mesma, de repente sentindo frio e um vazio dentro de mim.
__Você está bem Demi?__ Joe perguntou, eu apenas assenti.
__Não tem problema nenhum__ Alex disse__ estávamos apenas conversando. Eu sou Alex.
__O ex noivo__ Joe forçou o sorriso__ eu sou Joe, o atual namorado e dono da JI.
Tive que fazer força para esconder a surpresa no meu rosto quando Joe disse que era meu namorado.
__É um prazer Joe.
__Acho que te devo um obrigado.
__Obrigado?__ Alex o olhou confuso__ obrigado pelo que?
__Por ter sido idiota o bastante para abandoná-la__ ele passou o braço pelo meu ombro, me puxando gentilmente para perto__ agora ela é minha.
Alex não teve resposta para aquilo.
__Bem eu... Vou atrás da minha namorada, com licença__ e saiu sem dizer mais nada.
__Hey Demi, você esta bem?__ Joe perguntou preocupado.
__Estou sim__ assenti__ porque fez aquilo? Não precisava ter mentido por minha causa, eu estava errada.
__Eu não fiquei com raiva, só surpreso__ ele deu de ombros__ todo mundo vive me dizendo que eu tenho que me divertir. Isso foi bastante divertido na verdade, eu não gostei desse cara.
__Obrigada__ dei meu melhor sorriso, ainda nervosa.
__Você está tremendo.
__É só que ele me deixa nervosa__ confessei respirando fundo__ mas eu estou bem, não se preocupe.
__Ok então__ ele estendeu a mão pra mim__ quer dançar?
__Do jeito que eu estou é capaz de acabar pisando no seu pé.
__Não me importo, venha.
Ele segurou minha mão e me guiou até o centro do salão, tinha outros casais dançando, inclusive Selena e seu noivo Justin. Joe sorriu pra mim, gentil como sempre, juntou nossas mãos e com a outra envolveu minha cintura, me puxando para mais perto, então começamos a nos mover no ritmo lento da música. Conforme os segundos passavam o nervosismo foi indo embora, assim como o frio também se foi quando ele me envolveu e senti-me tranquila com seu sorriso. Eu gostava de vê-lo sorrir, tinha um sorriso bonito embora custasse a mostrá-lo, sempre fechado, receoso.
Ficamos em silencio enquanto dançávamos, apenas nos deixando levar pelo ritmo calmo da música, e em algum momento acabei me perdendo nos olhos dele, como aconteceu no outro dia enquanto conversávamos na lanchonete. Ele tinha um olhar intenso, cheio de sentimentos e coisas que faziam você mergulhar neles, imaginando o que se passaria em sua mente. Assim, enquanto dançávamos, esqueci do Alex, esqueci das minhas dores, esqueci do mundo, por um tempo não havia mais nada no mundo, nada que pudesse levar a minha paz embora e eu sorri.
__Com licença__ senti alguém tocar gentilmente meu braço e então a calmaria se desfez__ desculpe interromper.
__Tudo bem__ Joe me soltou e sorriu para Selena__ quer dançar também?
__Na verdade quero roubar sua companhia um minuto, será que se importa?
__Por mim tudo bem__ ele concordou.
Selena segurou minha mão e me levou com ela pelo salão. Fomos até o banheiro feminino onde Molly nos aguardava.
__Aconteceu alguma coisa?__ perguntei curiosa.
__Desculpe atrapalhar a festa, mas é que eu queria contar algo a vocês duas__ Selena disse.
__Pode falar.
__Bem, eu andei me sentindo mal esses ultimas dias, muitos enjôos e estava desconfiada do que podia ser__ ela pôs a mão na barriga__ então hoje de manha fiz um teste para confirmar e descobri que estou grávida.
__Ah, não acredito, parabéns Selena.
Eu e Molly a abraçamos e lhe demos os parabéns.
__Eu sei, eu estou muito feliz__ ela sorriu__ só que não contei para o Justin ainda, estou com medo da reação dele.
__Como assim com medo? Ele vai adorar.
__É que não foi planejado, agente nem casou ainda__ ela nos lembrou__ ele me pediu em casamento faz pouco tempo, eu tenho medo que ele não goste da noticia. Não estávamos prontos para isso ainda.
__Que isso Selena, eu tenho certeza que o Justin vai adorar ser pai de um filho seu__ Molly garantiu__ mesmo que não tenha sido planejado, ele é louco por você, vai dar pulos de alegria, conta pra ele.
__Acho que você tem razão__ ela suspirou__ vou contar pra ele ainda hoje.
__Ah, que emocionante__ Molly bateu palminhas__ e você Demi? Não quer ter filhos?
__Bem, eu adoraria ser mãe, mas...
__Para se ter um filho é preciso de um homem__ Selena completou a frase por mim.
__Exato__ dei de ombros.
O assunto foi encerrado ali, retocamos a maquiagem e saímos do banheiro. Molly foi encontrar Peter e eles resolveram dançar um pouco, eu e Selena continuamos a procura de Justin e Joe. Encontrei-o um minuto mais tarde, estava no meio do salão, dançando com outra mulher que eu não conhecia.
__Olha, o Justin está ali__ Selena disse.
__Você pode ir__ eu parei de andar__ eu te encontro depois, vou pegar uma bebida.
__Tudo bem__ ela sorriu e foi encontrar o noivo.
Fiquei ali parada um momento, vendo todos aqueles casais felizes. Molly e Peter, Selena e Justin, Alex e Nancy e Joe dançando com aquela bela moça e senti-me subtamente sozinha demais, aquele ali não era o meu lugar, aquele mundo não era o meu. Ao invés de ir até Joe, dei meia volta e caminhei em direção a saída.
Fim do Capítulo