sábado, 14 de abril de 2012

Chapter Seventeen e Chapter Eighteen


Estavam todos reunidos na cozinha em silencio, um clima estranho tomando conta do lugar. Demi pretendia levantar e ir se trancar no seu quarto o resto do dia quando Sarah resolveu falar alguma coisa.
__Demi, eu e Olívia vamos à cidade hoje__ ela informou__ vamos ter uma conversa com Walter.
__Vamos passar o dia inteiro fora__ Olívia avisou encarando Demi seriamente__ espero que passe o dia todo no seu quarto sem fazer nenhuma bobagem e você Joseph... Tente manter distancia dela, por favor.
__Como quiser__ ele respondeu educadamente sem protestar, mas era bem óbvio que nenhum deles iria obedecer.
Demi ficou parada na varanda vendo as tias saindo de carro, Joseph estava um pouco mais a frente, pisando na grama verde e encarando o céu, parecia distante com os pensamentos longe. Demi queria falar com ele, mas ficou sem jeito de interromper o seu momento, então ficou quieta, cantarolando baixinho uma música distraidamente.
__Eu pensei que nunca mais veria essa cena de novo__ uma voz diferente murmurou__ esse olhar distante, tão concentrado.
O coração de Joseph parou de bater um instante, se havia algo que ele não esperava era ouvir aquela voz de novo. Ergueu os olhos lentamente e seu rosto ficou vazio por um longo tempo quando viu quem era, Demi também ficou sem fala, não esperava que ela aparecesse ali no seu quintal depois de ter fugido dela diversas vezes.
__Nicole?__ ele sussurrou encarando-a, estava um pouco diferente do que se lembrava, o cabelo estava menor, ela parecia um pouco mais velha e seu olhar tinha um brilho diferente, mas era ela... Sua irmãzinha Nicole que ele não via há mais de quatrocentos anos.
__Olá Joseph__ ela sorriu docemente pra ele.
Ele caminhou lentamente até ela e a abraçou sem dizer nada. Era verdade que eles não eram assim tão próximos antigamente, na verdade Joseph estava sempre muito ocupando treinando e dando atenção a Esmeralda pra prestar atenção em outras coisas e isso incluía Nicole, mas ele a amava tanto, sua irmãzinha. Achou que tinha perdido tudo e todos, afinal Robert não contava mais como família era o inimigo, mas Nicole estava ali com ele, ela estava viva.
__Pensei que estivesse morta__ ele a afastou gentilmente pra fitar seu rosto.
__Eu quase morri__ ela disse passando a mão gentilmente pelo rosto dele__ mas estou aqui.
__Eu não quero atrapalhar o momento de vocês__ Demi disse caminhando até eles__ mas tenho que perguntar antes que resolva fugir de novo. O que diabos estava pensando quando me deu aquele diário?
__Oh Demi__ ela sorriu__ é um prazer vê-la de novo.
__Não mude de assunto__ Demi resmungou irritada.
__Porque fez isso Nicole?__ Joseph perguntou sério__ porque deu o diário pra Demi?
__Porque eu queria libertar você irmão.
__Ou queria libertar Robert?__ a corrigiu.
__Não tinha como soltar apenas um de vocês, eu sei que foi errado, mas você não podia passar a vida toda trancado lá dentro, eu estava cansada de vagar por ai sozinha, eu queria minha família de volta.
__Porque você mesma não o libertou?__ Demi questionou__ porque me dar o diário?
__Porque eu não tinha poder suficiente pra fazer sozinha.
__Você é um original.
__Isso não quer dizer nada__ revirou os olhos__ o mundo dos bruxos foi por água abaixo antes de eu começar meu treinamento como bruxa, eu tive que viver fugindo, fui atacada mais vezes que posso contar e perdi grande parte do meu poder tentando me manter viva, eu não a mesma de quatrocentos anos atrás, minha vida não foi tão fácil quanto parece.
__Nicole... Você sabe o que fez?__ Joseph a encarou sério__ Robert está livre e...
__Eu sei__ eles trocaram um olhar significativo__ eu sei o que ele quer fazer, foi fácil perceber. Mas eu precisava libertá-los Joseph, ia acontecer mais cedo ou mais tarde, eu preferi cedo. Não leve a mal Demi, eu tentei fazer com que sua mãe os libertasse, mas ela não quis, então só me restava você... Só que não podia rolar enquanto ela estivesse viva e protegendo você.
Não ia rolar enquanto ela estivesse viva. De repente um pensamento perturbador tomou conta da mente de Demi... Sua mãe tinha sido assassinado por um bruxo, isso era óbvio, ela vira alguém na janela observando e a única que teria motivos pra isso era Nicole, ela queria o caminho livre pra chegar até Demi. Demi sentiu seu estômago revirar e sua pele esquentar.
__Foi você? Você fez aquilo?
__Do que está falando?__ Nicole perguntou confusa.
Joseph encarou Demi com preocupação, podia sentir o que acontecia dentro dela, o poder saindo de controle.
__VOCÊ MATOU MINHA MÃE__ ela acusou e se lançou em cima de Nicole, mas antes que pudesse tocá-la, Joseph a agarrou pro trás a abraçando com força e a prendendo junto ao corpo, ela se debateu tentando se soltar, mas ele era forte demais.
__Ficou louca?__ Nicole a olhou com espanto.
__Assassinaram a minha mãe, a queimaram viva__ Demi cuspiu as palavras__ você a queria fora do caminho. Eu vi... Eu vi alguém olhando do lado de fora da janela enquanto ela morria queimada, foi você, você fez isso.
__Isso é verdade Nicole?__ Joseph a olhou com espanto ainda segurando Demi com força__ você fez isso?
__Eu não matei ninguém, Amélia era minha amiga__ ela respondeu rudemente__ eu realmente estava lá àquela noite, era eu olhando do lado de fora da janela, mas eu não a matei. Eu fui até lá aquela noite pra conversar com ela e tentar fazê-la mudar de ideia, mas quando cheguei lá a casa já estava pegando fogo e era tarde demais pra ajudá-la. Eu não sou uma grande bruxa como você Joseph, eu não sabia o que fazer.
Demi sentiu lágrimas escorrendo por seus olhos, deixando um rastro quente em sua pele, suas pernas fraquejaram e ela teria caído no chão se Joseph não a segurasse. Então ela esteve lá, podia ter salvado sua mãe mas não o fez.
__Eu sinto muito Demi__ Nicole sussurrou__ eu queria ter feito algo mas não consegui e sinto muito. Mas eu não a matei, jamais faria algo assim tão cruel, eu sou sua amiga, estou do seu lado.
Demi não conseguiu dizer nada, estava engasgada com as lágrimas, o buraco no seu peito estava ficando maior.
__Demi, está tudo bem__ Joseph sussurrou__ se acalme por favor.
__Eu não vou surtar__ ela arranjou forças pra dizer__ estou bem, só... Me solte.
Ele á soltou um pouco receoso, mas ela se pos de pé direito e tentou engolir as lágrimas, só não conseguia encarar Nicole.
__Bem, mesmo que a intenção tenha sido boa, você nos causou um grande problema Nicole... Pessoas já morreram porque Robert está livre e ele é muito mais poderoso que nós, você sabe bem disso. Ele tem a magia negra do seu lado.
__E daí? Ela também...
Joseph pos a mão na boca de Nicole impedindo que completasse a frase quando percebeu o que ela ia dizer.
__Será que podemos conversar um minuto a sós?__ ele pediu e Demi o encarou confusa.
Nicole assentiu e Joseph a arrastou em direção ao celeiro.
__Qual o problema?__ ela perguntou cruzando os braços.
__Demi não sabe de nada, e nem quero que saiba... Você não vai contar a ela.
__Porque não? Desperdiçar o poder dela é burrice, ela pode ser a única capaz de parar Robert agora, eles são iguais.
__Não eles não são__ Joseph rebateu irritado__ e ela não está pronta pra saber ainda, uma noticia assim nesse momento pode acabar com a vida dela, Demi já está passando por muitos problemas com as tias e toda essa história.
__Own, você está preocupado com ela__ ironizou__ que bunitinho.
__Ela me salvou.
__Não, eu salvei você__ o corrigiu__ se não fosse por mim ela não teria pego no diário e você estaria preso ainda.
__Não vamos usá-la como uma arma, ela é uma pessoa.
__Ela é uma bruxa incrivelmente poderosa e ignorar isso é idiotice Joseph, você sabe. Veja Robert... Papai ignorou o que ele era e ele virou um psicopata maluco, quer que o mesmo aconteça com Demi?
__Eu não vou deixar que isso aconteça.
__Boa sorte com isso.
__Você não vai contar a ela__ ele disse agora em um tom autoritário e Nicole sabia que era burrice discutir com o irmão.
__Você é quem sabe, mas não venha chorar no meu ombro quando a sua protegida te apunhalar pelas costas como Robert fez.
Joseph cerrou os punhos sentindo uma estranha raiva se espalhar por seu corpo, ele não costumava se sentir assim, mas Nicole sempre tivera o poder de lhe tirar do sério e de um jeito muito ruim. Além de Esmeralda ela era a única que o fazia perder o controle.
__Fique longe da Demi, eu a aviso de precisar de ajuda.
Ele lhe deu as costas e saiu apressado do celeiro, enquanto caminhava as luzes piscaram e as portas e janelas de madeira bateram sozinhas, Nicole sorriu, adorava ver o irmão certinho irritado. Joseph foi até Demi, que esperava parada no mesmo lugar, agora mas recomposta.
__Vamos treinar__ ele disse parando na frente dela.
__Agora? Não sei é uma boa ideia__ ela ainda estava um pouco abalada.
__Não temos tempo nem condições de ficar escolhendo nada Demi, tem que ser agora... Lição de hoje__ ele bateu as mãos uma na outra e um circulo de fogo surgiu em volta dos dois, formando uma prisão__ fogo.
Demi se sobressaltou com a visão do circulo de fogo... Ela não gostava de fogo, aquilo fazia lembrar sua mãe.
__Não podemos aprender outra coisa?
__Não__ ele respondeu secamente, ainda estava irritado mesmo sem entender por que... Nicole os observava a distancia com um sorriso enorme no rosto, claramente se divertindo com a cena__ assim como o resto o fogo faz parte de você Demi, você pode fazê-lo em qualquer lugar a qualquer hora, até mesmo na água__ ela estendeu a mão e a abriu, ela pegava fogo, as chamas pareciam danças por entre seus dedos, mudando de cor, ficando meio avermelhadas... Demi se encolheu__ pra levitar você precisa de paz, para o fogo precisa da raiva.
__Eu não estou confortável com isso__ Demi um passo pra trás, mas parou quando atingiu o fogo.
__Não precisa ser doloroso Demi, se aprender a controlar você nunca irá se queimar... Eu já disse, é parte de você__ ele continuou falando__ use a sua raiva pra fazer o fogo, use o ódio dentro de você.
__Eu não me sinto bem__ Demi disse sentindo seu coração disparar, estava começando a ficar quente__ por favor, pare com isso.
__Lembra do que eu disse Demi? Não pode deixar seus sentimentos te controlarem, estou tentando te ensinar, você tem que dominar isso, usar seus sentimentos a seu favor, não contra você.
__Eu não gosto de fogo__ ela gemeu enjoada__ por favor.
__Sua mãe morreu queimada__ a voz dele áspera__ por culpa do maldito fogo, não quer aprender a controlá-lo Demi?
Aquilo foi a gota d’água.

__NÃO FALE DA MINHA MÃE__ ela gritou irritada, o fogo do circulo aumentou e depois se desfez, se espalhando pela grama verde como se fosse levado pelo vento, até o fogo na mão de Joseph se apagou.
Demi deu as costas a ele e saiu correndo, se trancando em seu quarto.
__Isso foi lindo__ Nicole bateu palmas__ parabéns Joseph, ótimo trabalho.
__Isso é sua culpa__ ele resmungou zangado__ mandei você ir embora.
Joseph respirou fundo, ignorando as risadas da irmã mais nova e entrou na casa. Subiu as escadas devagar e bateu na porta do quarto de Demi, não queria tê-la irritado ou falado daquele jeito, ele não costumava perder as estribeiras de tal forma, mas quando o fazia era bom que não tivesse ninguém por perto.
__Vai embora__ Demi resmungou sabendo que era ele.
__Desculpa Demi__ ele pediu__ não queria falar daquele jeito com você é que... Nicole me irritou.
__Ele não fica mais bonito quando está zangado?__ Joseph bufou quando ela apareceu do seu lado.
Demi abriu a porta do quarto irritada__ vão embora vocês dois... Eu quero ficar sozinha.
__Não é culpa dele Demi, é que eu tenho meus truques também__ Nicole deu de ombros__ Robert tem a magia negra, Joseph sabe milhares de feitiços e é um ótimo bruxo e eu aprendi ao longo dos anos como manipular os sentimentos dos outros.
__Você fez de propósito?__ Joseph a encarou com indignação.
__Eu só quero que você entenda o meu ponto Joseph__ ela o encarou séria__ quando aquele cara me deu o seu diário eu soube o que tinha que ser feito, você tem que me entender e...
__Espera__ Joseph pediu a fitando com atenção__ você não roubou o diário?
__Não__ ela revirou os olhos__ era muito bem protegido, um homem me deu.
__Que homem?
__Sei lá, um velho esquisito e mal encarado__ deu de ombros.
__Sabe o nome dele?__ Demi perguntou atenta.
__Hum, não me lembro bem__ fez careta__ algo como... Valter?
__Walter? O nome dele era Walter?
__Isso mesmo__ ela sorriu__ ele me deu o diário.
Demi e Joseph trocaram um longo e significativo olhar.
__Minhas tias__ ela sussurrou com um nó na garganta.
De alguma forma ela sempre soube que tinha algo errado com aquele homem, e agora ela sabia... Ele era um traidor.
__Sabe onde fica esse lugar que elas foram?__ Joseph questionou.
__Não, mas sei de alguém que pode nos levar até lá__ ela correu até o telefone.
Alguns minutos depois, Nicole, Joseph, Demi, Selena, Nicholas e Eric estavam no prédio onde Walter trabalhava, e onde mantivera por um bom tempo o diário de Joseph escondido. Demi estava com um mau pressentimento, seu coração estava apertado e aquela sensação não era nada agradável.
__Isso é loucura__ Selena sussurrou__ Walter não faria isso.
__Eu nunca gostei dele__ Eric resmungou__ não é uma grande surpresa.
__Shh__ Joseph pediu por silencio__ escutem.
Mas não havia nada pra ouvir além de um longo e perturbador silencio. Quando finalmente alcançaram à porta do escritório Joseph parou um momento com a mão na maçaneta e ficou quieto como se escutasse alguma coisa, ou... Sentisse.
__O que foi?__ Demi perguntou.
Ele não respondeu, somente abriu a porta e todos se assustaram, não esperavam que fosse verdade a traição, mas agora não havia dúvida. Sarah e Olívia estavam caídas no chão desacordadas, Olívia estava sangrando.
__Mãe__ Selena correu até ela__ mãe fala comigo.
__Ainda estão vivas__ Joseph a acalmou__ sÓ estão machucadas.
__O que vamos fazer?__ Eric perguntou.
__Eu sabia que havia um motivo pra não gostar daquele homem... Ele vai me pagar__ Demi cuspiu as palavras zangada.
__Na verdade, isso pode ser bom__ Joseph sorriu de lado__ ele pode nos levar aé Robert.
Talvez Robert tivesse cometido um pequeno deslize, era uma chance que eles não podiam desperdiçar.
Fim do Capítulo

__O que aconteceu?__ Demi perguntou a tia Sarah quando ela acordou, agora se achava sentada em uma poltrona com a mão na cabeça gemendo de dor e confusão__ tia o que aconteceu aqui?
__Minha mãe não acorda__ Selena disse assustada tentando arrancar algum sinal de vida de Olívia__ Joseph, ajude.
__Ela vai ficar bem__ Joseph tentou confortá-la__ vou ajudá-la em um minuto.
__Tia Sarah, o que aconteceu aqui?__ Demi insistiu.
__Nós o vimos__ ela sussurrou atordoada__ ele estava aqui.
__Quem?__ Demi quis saber__ quem estava aqui tia?
__Robert__ ela respondeu e se encolheu ao pronunciar o nome__ Robert esteve aqui.
Algumas Horas Antes

Sarah e Olívia entraram na sala de Walter depois de serem anunciadas por sua estranha secretária. Uma jovem magra demais, loira com olhos cinza que as analisava com ar de desprezo como se de alguma forma fosse superior, o que claramente estava errado. Walter estava sentado a sua mesa mexendo em alguns papéis.
__O que as traz aqui tão cedo?__ ele perguntou sem se dar ao trabalho de olhar pra elas.
__Queremos saber se teve algum progresso procurando por Robert__ Olívia respondeu__ Joseph não teve muito sucesso, mas também não investigou o galpão onde ele esteve; Robert deve ter deixado alguma pista.
__Ele não deixou pista alguma Olívia, eu já disse isso, não faço a menor ideia de onde ele está.
__Mas você reforçou a segurança dos outros galpões? Ele pode aparecer em algum deles.
__Estou tomando minhas providencias Olívia, não há porque se preocupar.
__Jura? Pois não estou vendo você fazer nada, isso é um caso sério Walter, estamos correndo perigo.
__Eu sei muito bem disso e não preciso que me diga o que fazer__ ele se levantou__ agora se me dá licença, eu tenho uma reunião importante em menos de cinco minutos e vocês estão tomando o meu tempo com bobagens.
__Bobagens?__ ela rebateu indignada__ isso pra você é bobagem?
__Já disse que estou tomando minhas providencias__ ele disse sério, claramente encerrando o assunto__ agora por favor, eu peço que se retirem pois tenho um compromisso importante que não posso adiar.
Olívia ia reclamar mais uma vez, porém Sarah a impediu de falar mais alguma coisa e a arrastou de má vontade pra fora do escritório, pensou que aquele momento constrangedor já tinha terminado, mas é claro que a irmã ainda não estava satisfeita.
__Esqueci de perguntar uma outra coisa pra ele__ ela disse dando meia volta.
__Olívia, já chega...
__É importante__ ela garantiu sem de deixar abalar.
As duas entraram no escritório de novo, dessa vez sem bater na porta antes, e é claro que se arrependeram. Walter não estava mais sozinho, estava parado no meio da sala conversando alguém que elas não esperavam ver... Robert.
__O que...
__Shh__ Robert sorriu pondo o dedo na boca e quando as duas tentaram gritar não conseguiram abrir a boca__ nada de escândalos aqui senhoras, estamos numa reunião muito séria.
__O que fazem aqui?__ Walter resmungou__ deviam ter ido embora.
__Eu não tenho tempo pra isso Walter, você devia ser mais cuidadoso__ Robert o olhou feio__ está estragando meus planos e eu não aturo pessoas descuidadas, tudo tem que ser perfeito.
__Eu sinto muito senhor__ ele pediu desculpas e abaixou a cabeça como um cachorrinho acuado, aquela não era uma cena muito comum de se ver__ não vai acontecer de novo.
__É claro que não.
Robert se aproximou lentamente de Olívia e Sarah que não conseguiam se mexer ou falar. Mas Olívia teria praguejado em todas as línguas que conhecia se pudesse, não acreditava que Walter era um traidor.
__Sim, sim... Ele é um traidor__ Robert revirou os olhos__ vamos pular essa parte em que vocês o acusam e dizem “eu não acredito que fez isso, vai ser arrepender e blá, blá, blá” e vamos ao que interessa. Quero que dê um recado ao meu irmãozinho Olívia querida.
Ele se aproximou até que estivesse cara a cara com ela e pousou a mão delicadamente sobre sua testa.
__Anakian Fratulin__ ele sussurrou, depois deu uma pancada na cabeça dela que despencou no chão e se virou pra Sarah__ não esqueça nenhum detalhe quando for contar a Joseph.
E bateu em sua cabeça também, lhe roubando a consciência.
__Foi isso que aconteceu__ Sarah disse__ depois acordei com vocês aqui.
__Eu sabia que tinha algo errado com aquele Walter__ Demi resmungou__ homem desprezível.
__Espere__ Joseph pediu a olhando com atenção__ você disse que ele pediu a Olívia que me desse um recado?
__Sim, depois murmurou umas palavras que eu não nunca ouvi antes, devia ser magia negra... E então a acertou na cabeça.
Joseph caminhou até Olívia que ainda estava desacordada no chão, ao seu lado Selena chorava nervosa e Nicholas tentava acalmá-la, mas era em vão. Joseph segurou a mão dela e Selena observou em silencio enquanto o corte em sua testa sumia.
__Olívia__ Joseph chamou seu nome__ Olívia fale comigo.
Ela abriu os olhos de repente e todos se afastaram assustados, não eram os olhos dela que eles encaravam, eram brilhantes e sinistros olhos azuis... Os olhos de Robert, Demi jamais esqueceria aqueles olhos. Ela se pos sentada, com um sorriso sinistro nos lábios e uma expressão perturbadora no rosto, então encarou Joseph.
__Eu sei que o feitiço está com você irmãozinho__ quando ela falou, sua voz estava duplicada, como se houvesse outra pessoa falando junto com ela e aquilo era extremamente perturbador__ não pode me evitar pra sempre, eu vou pegá-lo e você não pode me impedir, sabe muito bem disso__ então seus olhos de fixaram no rosto Demi, ela apertou com força a mão de Eric que estava parado ao seu lado também assustado__ ela vai ser minha também__ e olhou novamente pra Joseph__ você me tirou tudo que eu amava, destruiu minha vida... Eu vou fazer o mesmo com você, não perde por esperar.
Ela deu uma risada que causou arrepios em todos e depois tossiu, fechando os olhos como se estivesse sufocando.
__Mãe__ Selena chamou__ mãe, fala comigo... Você está bem?
__O que... O que aconteceu?__ quando abriu os olhos, era novamente Olívia, assustada e confusa.
Nicole e Joseph trocaram um longo e preocupado olhar, depois os olhos de Joseph se fixaram no rosto aflito de Demi. Robert não viria atrás apenas do feitiço, ele queria Demi também, e o poder que havia sentido nela, ela estava em perigo, todos estavam e ele não tinha certeza se poderia proteger a todos. Demi olhou de volta pra ele, tentou entender aquilo que via em seus profundos olhos castanhos, mas não entendeu que sentimento era aquele e apertou com ainda mais força e mão de Eric, estavam todos perdidos por culpa dela.
__Temos que voltar pra fazenda__ Joseph informou se levantando.
__Porque acha que ele ainda não atacou, se sabe que o feitiço está com você?__ Nicole questionou.
__Ele está se preparando, juntando mais poder, ele vai caçar e roubar o poder de todos os bruxos que encontrar nessa cidade.
__Não vamos poder pará-lo desse jeito... Ele já é forte demais.
__Você acha que eu não sei?__ ele rebateu aflito__ não posso fazer nada, não sei onde encontrá-lo.
__Quando ele vier até você, vai estar invencível, e vamos todos morrer.
__Tem uma ideia melhor?__ ele encarou a irmã com raiva__ porque todos tentam me dizer o que fazer, mas até agora ninguém teve uma brilhante ideia pra nos salvar. Se acha que sabe o que é melhor pra todo mundo, então vai lá e acabe com ele você mesma.
Todos ficaram em silencio sem saber o que dizer.
__Foi o que eu pensei__ Joseph sorriu cínico__ vamos voltar pra fazenda... Agora.
__Tem certeza que essa é a melhor solução?__ Sarah questionou quando estavam de volta a fazenda__ não estamos apenas nos encurralando em um canto enquanto ele acumula mais poder?
__Isso é temporário, enquanto não penso em algo melhor pra fazermos__ Joseph respondeu nervoso.
Estavam todos questionando suas atitudes, mas ninguém lhe arrumava uma solução melhor, e ele estava começando a se irritar com isso, não gostava que estivessem todos depositando suas esperanças nele, tinha medo de fazer algo e por todos em risco, e a cada segundo que passava ia ficando pior. Enquanto era um assunto de família ele podia resolver, mas e agora que todo o mundo dependia dele, como seriam as coisas?
__Acha que isso vai mesmo funcionar?__ Nicole perguntou parada ao lado dele, estavam todos perto da divisa da fazenda das tias de Demi com o terreno do vizinho.
__Acho que sim__ ele disse esperançoso.
__Mande Demi fazer, é uma chance maior de não haver erros.
__Deixa ela fora disso__ ele resmungou mal humorado.
__Ela não precisa saber o que está fazendo exatamente, só a mande fazer e pronto, você sabe que eu estou certa... O seu poder não vai ser suficiente pra parar a magia negra de Robert e você sabe bem disso, pare de se fazer de difícil.
__Você é tão irritante__ ele revirou os olhos, odiava quando a irmã tinha razão e então se virou pra Demi__ Demi, pode me ajudar?
__Claro__ ela concordou__ o que quer que eu faça?
__É só concentrar sua energia como te ensinei e repetir as palavras que eu disser.
__Tudo bem.
Demi imitou o gesto que Joseph fez com as mãos e repetiu as estranhas palavras que ele pronunciava, não sabia exatamente o que estava fazendo, mas podia sentir a energia dentro dela em ação. Todos observaram em silencio, Nicole parecia ser a única que sabia exatamente que feitiço era aquele e tinha um sorrisinho no rosto enquanto aguardava. Quando finalmente terminou, Demi observou tudo em volta confusa, não havia nada de diferente.
__Então... O que aconteceu?
__Está vendo essa linha?__ Joseph apontou pra uma marca no chão__ é a divisão entre a fazenda e o terreno vizinho. Estenda a mão um pouco.
__Como é?__ ela o olhou desconfiada.
__Confia em mim__ ele sorriu paciente__ estenda a mão.
Com receio ela fez o que Joseph pediu e estendeu a mão, quando seus dedos alcançaram o ar onde ficava a divisa ela encontrou um obstáculo, como se houvesse uma parede invisível ali. No momento que seus dedos o tocaram, toda área em volta da fazenda foi coberta por uma espécie de parede de vidro preto e quando Demi afastou os dedos ela foi sumindo novamente.
__Incrível__ ela disse fascinada.
__Nada entra ou sai sem que desfaçamos o campo de força__ ele explicou__ isso vai impedir Robert de entrar na fazenda.
__E agora?
__Agora temos que nos preparar__ Joseph se virou pras tias de Demi__ a Demi precisa aprender a se defender.
__Já disse que ela está proibida de usar magia__ Olívia resmungou mal humorada, ainda com a cabeça doendo.
__Sarah__ Joseph manteve seu foco nela, que parecia mais disposta a negociar__ você ouviu a mensagem de Robert, ele vai vir atrás do poder da Demi e poder ser que estejamos ocupados demais pra protegê-la, ela precisa fazer isso, ela tem que aprender.
__Você fala como se já não estivesse quebrando as regras__ Olívia sorriu cinicamente__ eu sei que andou ensinando coisas a ela.
__Olívia chega__ Sarah disse séria, finalmente se impondo__ não é hora pra tentar mostrar a sua autoridade, a Demi não pode ficar desprotegida, ela precisa aprender. Eu também tenho direito de dar minha opinião e eu digo que Joseph pode ensinar sim a ela, ninguém melhor pra fazer isso do que o bruxo mais poderoso do mundo.
__Tudo bem__ Olívia concordou, pois por mais que não gostasse da ideia sabia que ela estava certa__, mas a outra regra continua valendo, depois do treinamento eu quero você bem longe da Demi.
__Porque isso?__ Demi perguntou inconformada.
__Eu não confio em você__ ela sussurrou pra ele, ignorando os protestos de Demi.
__Você é esperta__ Joseph sorriu de lado__, mas eu estou do seu lado.
__Já disse que te considero um herói pelo que fez, mas desculpe se não confio em alguém que passou quatrocentos anos trancado num diário, não sei o que se passa pela sua cabeça, eu simplesmente não confio em você. Se você é confiável ou não, acho que vou descobrir depois que acabarmos com Robert.
__Depois que ele não for uma ameaça, eu te prometo que vou embora da sua casa e você nunca mais vai precisar me ver.
Demi se encolheu com aquelas palavras, Joseph não parecia o tipo de cara que quebrava suas promessas, e ela não sabia como lidar com a ideia de quem em breve ele iria embora e ela nunca mais o veria.
__Veremos__ Olívia murmurou sem se dar por vencida.
Demi abaixou os olhos pro chão se sentindo um tanto enjoada, e não pode ver o olhar que Joseph lhe lançou. Estava começando a se apegar aquela menina corajosa e decidida que lhe salvara, que tinha um sorriso encantador e olhos brilhantes, inocentes e sinceros. Quando se livrasse de seus problemas começaria uma nova vida, mas a amizade com Demi era uma das coisas que ele não poderia levar consigo, ela ficaria melhor longe de alguém como ele.
__Está pronta pra começar Demi?__ ele perguntou.
__O que vamos aprender hoje?__ ela perguntou sem fitá-lo__ vamos continuar com o fogo?
__Não, o que você precisa aprender agora são feitiços de morte__ ele respondeu sério__ com Robert é matar ou morrer.
Matar ou morrer, nenhuma das opções a agradava, mas se era realmente preciso, ela ia aprender.
__Podemos começar?__ Joseph perguntou tentando desvendar a expressão sombria no rosto de Demi.
__Claro, vamos começar__ ela concordou forçando um sorriso e uma segurança que ela na verdade não sentia.
__Lição de hoje... Sangue.
Fim do Capítulo

12 comentários:

  1. MEU DEUS! ISSO É A PERFEIÇÃO!
    POSTA LOGO, POR FAVOR!

    ResponderExcluir
  2. Posta Logo?? Pooorfavoor, porfavoorziiiinhoo *-* I need this !!!

    ResponderExcluir
  3. eu acho que vc não colocou os devidos creditos que a cacau merece por essa historia fofa (fica a dica ta)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fofa já falei com Ela e Ela falou q já tinha visto o meu blog e falou q ta sim com os devidos creditos ! Bjos

      Excluir