quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Capítulo 5, Capítulo 6, Prévia Do Capítulo 7, Selinho + LUTO



Demi estava no quarto trocando de roupa quando a porta se abriu e Joe entrou.
__Quantas vezes eu já disse pra você não entrar no meu quarto sem bater?__ ela resmungou revirando os olhos e tentando ajeitar o cabelo que estava uma bagunça. Sua cara não devia estar muito boa àquela hora da manhã e mesmo sem saber bem porque não queria que Joe a visse daquele jeito.
__Você está vestida, então nenhum dano__ ele disse rindo__ vim te fazer um convite.
__Eu não to a fim de sair hoje.
__Não é isso. Eu encontrei com a Ashley ontem__ Demi gelou com o comentário__ ela vai dar uma festa pra curtirmos a ultima semana de férias. Vai ser esse fim de semana na casa dela, a turma inteira vai e eu queria que você fosse comigo.
__A uma festa da Ashley?__ ela ergueu a sobrancelha o encarando__ não tinha nenhum serial Killer disponível?
__Não seja dramática, vai ser divertido... Até o Nick topou ir.
__O Nick vai? Sério?__ ela parou para pensar no assunto um instante__ eu não sei, eu não gosto muito da Ashley e sei que ela também não gosta de mim.
__Por favor, Demi, não vai ser a mesma coisa sem você__ ele insistiu.
__Tenho certeza que ninguém vai sentir a minha falta.
__Eu vou.
Joe a encarou, com aquela expressão de cachorrinho pidão no rosto e ela sabia que não tinha como recusar aquele pedido. Era difícil negar alguma coisa a ele, e isso era um pouco irritante às vezes.
__Tudo bem, eu vou nessa festa__ revirou os olhos e suspirou se dando por vencida.
__Isso__ ele comemorou abrindo um enorme e contagiante sorriso__ eu passo aqui pra te buscar e nós três vamos juntos.
__Tudo bem, estou sentindo que vou me arrepender disso.
Demi se concentrou e arrumar a bagunça que estava seus cabelos e Joe ficou lá parado a observando por um tempo, através do espelho ela podia ver que ele tinha uma expressão estranha no rosto, como se quisesse dizer alguma coisa, mas tentasse se conter. Demi o olhou desconfiada.
__Algum problema?
__Ele está com uma cara muito estranha__ Selena apareceu do nada, sentada de pernas cruzadas sobre a cômoda, dando um susto em Demi, mas ela conseguiu se recompor e disfarçar... Pelo menos achava que sim.
__Porque pergunta?__ Joe encarou os sapatos disfarçadamente.
__Você está estranho__ ela se virou na cadeira para olhá-lo__ o que foi?
__Só... Ando um pouco preocupado com você__ ele confessou.
__Que bunitinho__ Selena murmurou e Demi teve de conter a vontade de mandá-la calar a boca.
__Preocupado com o que exatamente?
__É que eu notei que você anda um pouco estranha, e na verdade não foi só eu que reparei__ ele trocou o peso de um pé para o outro, claramente desconfortável__ o Nick notou aquele dia, a sua mãe e até mesmo a Ashley.
__Ashley?
__Ela me disse que viu você falando sozinha ontem, como se estivesse conversando com alguém... Com a Selena.
__Aquela vaca loira__ Selena resmungou__ eu vou arrancar a língua dela fora.
Demi ignorou os xingamentos que Selena começou a soltar e tentou se concentrar na conversa com Joe.
__Não sei do que está falando__ ela lhe deu as costas, encarando o reflexo no espelho.
__Demi, você sabe que pode confiar em mim__ ele se aproximou__ se tiver acontecendo alguma coisa você pode me contar.
Por um momento ela se sentiu tentada a confessar pra ele o que estava havendo, talvez ele pudesse dizer que ela não era louca, talvez ele entendesse, o Joe sempre a entendia, sempre, não importava o que fosse. E ela precisava tanto desabafar com alguém.
__Não conte a ele__ Selena se apressou em dizer, parecendo ver algo em seus olhos__ ele não está pronto pra saber Demi, ele não vai entender, não ainda... Não conte pra ele.
__Demi__ Joe insistiu__ fala comigo.
__Eu estou bem__ ela finalmente disse__ Talvez um pouco estressada, mas não tem nada acontecendo, Ashley falou aquilo pra me irritar, sabe que ela não gosta de mim.
__Mas ela não foi à única que notou.
__Eu estou bem Joe__ Demi disse decidida__ se tivesse algo errado você seria o primeiro a saber, acredite.
Ele a encarou por o que parece uma eternidade, mas depois finalmente pareceu se dar por vencido e suspirou, abrindo um meio sorriso. Demi se levantou da cadeira e atravessou o quarto em silencio para abraçá-lo, ele a envolveu gentilmente e assim ficaram por um longo tempo. Ela se sentia segura com ele, à vontade e detestava guardar segredos, ter que mentir, mas Selena devia ter razão, ele não ia entender. Demi levantou o olhar à procura de Selena, mas ela havia sumido, então se permitiu relaxar nos braços do amigo.
* * * * * * * * *
__Acho que eu não deveria ir a essa festa__ Demi comentou enquanto se olhava no espelho, checando o visual pela ultima vez.
__É claro que você tem que ir__ Selena respondeu. Estava jogada na cama, toda a vontade como costumava fazer quando ainda estava viva... Parecia que a morte não a tinha deixado menos folgada.
Ela tinha vários motivos para não ir. Primeiro era uma festa da Ashley, talvez a pessoa que ela mais desprezava no planeta e que por acaso parecia estar espalhando por ai que ela estava louca, falando sozinha. Tudo bem que era verdade, mas isso não a fazia odiar menos a garota. E depois era uma festa na piscina... Demi costumava adorar piscinas, praias, cachoeiras, lagos, o que quer que fosse, mas desde o acidente de Selena ela mantinha uma distancia segura da água, pois lhe trazia más lembranças.
__Você não pretende ir né?
__Claro que eu vou__ Selena disse animada__ o Nick vai estar lá também, eu quero vê-lo.
__Ajudaria muito se você não ficasse conversando comigo, não quero que me achem maluca.
__Eu posso me comportar__ ela sorriu inocentemente, mas Demi sabia que era difícil para Selena ficar calada e considerando o fato de que agora ela era a única que podia ouví-la, já imaginava como ia terminar.
__O que acha dessa roupa?__ perguntou para mudar o assunto.
Selena a havia ajudado a escolher a roupa. Um biquíni preto, um short jeans e uma blusinha branca simples. Selena tinha tentado convencê-la a se arrumar um pouco mais, mas Demi não via motivos para isso, não era como se tivesse alguém pra impressionar.
__Você está linda.
A campainha tocou e Demi correu para atender. Joe estava parado do outro lado da porta, usando uma bermuda preta, uma regata branca que valorizava o corpo musculoso, óculos escuros e aquele sorriso que iluminava o dia.
__Você está ótimo__ ela abriu o seu melhor sorriso.
__E você está linda.
__E eu estou parado bem aqui__ Nick resmungou acenando para os dois__ não que vocês se importem.
__Diga que ele está muito gostoso__ Selena sussurrou no ouvido de Demi.
__Então vamos__ Demi trancou a port atrás de si, ignorando Selena completamente.
Logo de cara Demi sabia que tinha sido uma péssima ideia ir aquela festa. A casa de Ashley estava lotada e parecia que toda a escola estava naquela festa. E como se não bastasse, todos ficaram a olhando de lado quando passou, era como se dissessem: “Olha lá a garota que perdeu a melhor amiga”, “Lá vai à maluca que fala sozinha” ou “Coitadinha dela”. Demi teve vontade de sair correndo, só não o fez porque sentiu Joe segurando sua mão, em nenhum momento ele a olhou enquanto cumprimentava os amigos, mas também não soltou sua mão.
__Que bom que vocês vieram__ Ashley chegou perto toda sorrisos, como se realmente estivesse feliz em vê-los, mas Demi sabia que não era bem assim__ você também Demi. Espero que curtam a festa.
__Obrigada Ashley__ Joe disse educadamente.
Depois disso Nick saiu para ir beber alguma coisa e Joe foi mergulhar na piscina. Ele não queria deixar Demi sozinha, mas ela o convenceu de que ficaria bem, não queria estragar a diversão dele e de qualquer forma não estaria exatamente sozinha.
__Tenho que admitir__ Selena disse com uma careta__ ela sabe como dar uma festa.
__É... Eu estou me divertindo muito__ Demi sussurrou em tom irônico, dando um gole na sua água, a única bebida da festa que não tinha sido batizada com alguma espécie de bebida alcoólica.
__Você não sabe como curtir__ Selena começou a dizer__ tem que aproveitar os momentos.
__Sabe que foi por querer curtir os momentos que você morreu né?__ revirou os olhos.
__Isso não vem ao caso e foi golpe baixo__ ela começou a reclamar e então parou no meio da frase__ quem é aquela garota conversando com o Nick?
__É a Mia, do segundo ano__ Demi respondeu__ ela é bem legal.
__Ela não sabe que o Nick tem namorada?
__Você por acaso esqueceu que está morta?
Mas era tarde para dizer alguma coisa, Selena já tinha sumido e ido parar do outro lado da festa para ouvir a conversa dos dois.
__Que sorte a minha poder ver a minha melhor amiga morta__ resmungou consigo mesma.
__Hey Demi.
Ela se assustou e quase derrubou o copo de água no chão quando ouviu aquela voz tão próxima do se ouvido. Era Mark, um dos alunos da sua sala, um palhaço irritante que ela nunca tivera paciência para aturar.
__Hey Mark.
__Você está ai tão sozinha, não está gostando da festa?__ ele perguntou.
__Está ótima, é que eu... Prefiro ficar na minha.
__Não vai entrar na piscina?
__Não, obrigada__ ela negou, forçando um sorriso__ eu estou bem aqui.
__Mas é uma festa na piscina__ ele a lembrou__ não tem graça se você não entrar na piscina.
__Eu não quero entrar na piscina.
__Você quer sim, só precisa de uma ajudinha.
Antes que ela pudesse prever o que ele a fazer ou tentar impedi-lo, Mark a segurou e a levantou do chão, a jogando por sobre o ombro. O copo de água caiu no chão e se espatifou em mil pedacinhos, por um segundo ela não teve reação a não ser se segurar nele com força com medo de cair no chão, até que ele começou a carregá-la em direção a piscina e ela entendeu o que ele pretendia.
O pânico que se instalou dentro dela foi repentino e devastador. Quando seus olhos bateram na água, seu coração se acelerou, batia tão forte que ela não conseguia ouvir mais nada em volta. Sentiu os olhos arderem e uma imagem se formou diante de seus olhos... Selena despencando na escuridão e se afogando. Então ela gritou... Gritou de medo e se começou a se debater nos braços de Mark, esquecendo o medo inicial de cair no chão.
__ME SOLTA, POR FAVOR, ME SOLTA__ ela gritou desesperada__ ME COLOCA NO CHÃO, POR FAVOR.
__Calma, não vai doer, eu prometo__ ele disse rindo.
Ela se desfez em lágrimas, achou que fosse sufocar com o medo irracional... Não podia controlar.
__PARA... ME SOLTA, ME LARGA__ ela gritava e se debatia, dando-lhe tapas e chutes na esperança de que ele a largasse.
__Hey, calma__ Mark a segurou com mais força, tentando se esquivar dos tapas e não deixá-la cair.
__Ponha ela no chão agora__ Joe ordenou, se colocando entre ele e a piscina.
__Eu só estou brincando com ela__ Mark disse__ não seja estraga prazeres.
__Não está vendo que ela não quer? Que está com assustada? Ponha ela no chão agora idiota__ seu tom de voz era decidido e ameaçador__ eu mandei colocá-la no chão.
Depois de um segundo de exitação, ele fez o que Joe ordenou e soltou Demi. Ela não conseguiu se firmar em pé, com as pernas bambas e caiu sentada no chão. Ciente de que todos a olhavam, ela só conseguiu se encolher e chorar como uma criancinha assustada, abraçando a si mesma.
__Olha o que você fez seu idiota.
__Eu só estava brincando com ela__ Mark disse meio culpado__ não ia machucá-la.
__Não viu que ela estava com medo?
__Ela não é grandinha demais para ter medo?__ Ashley se intrometeu__ a piscina mal bate no ombro dela.
__Não tenho culpa se ela é maluca__ Mark disse.
__O que foi que você disse?__ Joe o encarou irritado.
__A garota fala sozinha feito uma maluca e agora ta chorando por uma besteira... Fala sério... Ela é...
Mas ninguém soube do que ele ia chamá-la. O punho de Joe o acertou em cheio no meio do nariz, ele se desequilibrou e caiu dentro da piscina, espirrando água para todos os lados. Todos olharam para Joe surpreso.
__Mas cuidado da próxima vez que for falar dela, otário.
Joe se virou para ajudar Demi, mas ela tinha saído correndo e desaparecido. Ignorando todos em volta, ele saiu para procurá-la.
Fim do Capítulo

Demi correu o máximo que pôde, querendo ficar o mais longe possível daquela casa, mas não foi muito longe. Suas pernas estavam bambas e todo o seu corpo tremia, depois de alguns poucos metros, ela simplesmente se abaixou no chão e chorou, esperando que aquilo diminuísse o aperto no peito, que ficasse mais fácil respirar.
__Demi__ ela ouviu Selena chamar seu nome__ Demi, você está bem?
__Vai embora__ ela resmungou sem levantar o olhar__ por favor, me deixa sozinha... Vai embora.
Ouvir a voz dela só a fazia se lembrar de tudo de ruim que tinha acontecido, que ela estava sentindo, que talvez estivesse louca. Talvez sua reação fosse um pouco exagerada, mas não podia evitar a dor que sentia... Só queria que aquilo passasse.
__Demi.
__Eu disse pra ir embora__ ela gritou, mas quando ergueu os olhos quem estava lá não era Selena e sim Joe.
Sem pensar duas vezes, ela se levantou e se jogou nos braços dele, e Joe fez exatamente o que ela esperava que ele fizesse. Ele não lhe fez perguntas, não disse que tudo ia ficar bem, apenas a pegou no colo, a segurando com força, de forma protetora e a carregou para casa.
Ao chegar em casa Joe a colocou na cama. Demi se encolheu de lado, abraçando um travesseiro bem apertado. Joe deitou ao lado dela e a fitou em silencio por um tempo, esperando que ela se acalmasse aos poucos.
__Quando eu olhei pra água__ Demi sussurrou depois de um tempo, sem que ele perguntasse nada__ entrei em pânico. Lembrei daquela noite, Selena caindo da ponte, se afogando.
__Está tudo bem Demi, não precisa dizer nada.
__Ela deve ter sentido medo também__ continuou mesmo assim__ morrendo sozinha, sem ninguém para ajudá-la__ Demi ergueu o olhar para fitá-lo, a visão estava embaçada pelas lágrima__ talvez eles tenham razão, talvez eu esteja louca.
__Você não está louca...
__Eu a vejo Joe__ Demi o interrompeu__ eu a vejo e falo com ela, como se ainda estivesse viva. Eu a vejo agora mesmo... Está sentada sobre a cômoda ali no canto, olhando para nós dois.
O olhar de Joe pousou rapidamente na cômoda do outro lado do quarto, mas para ele não havia nada ali.
__Ainda acha que não estou louca?
__Acho que está triste, passando por um momento difícil... É o seu jeito de lidar com isso, não acho que está louca.
__Mas você não acredita que ela está realmente aqui, acha que é fruto da minha imaginação.
Ele demorou um minuto pensando, olhando para ela com atenção... Podia ver o medo e a confusão em seus olhos.
__Só porque eu não vejo ou não entendo alguma coisa, não significa que não seja real__ respondeu depois de um tempo.
Demi viu Selena, ainda sentada sobre a cômoda, sorrir com a resposta... Era o tipo de atitude que ela devia ter esperado de Joe em uma situação como aquela, ele sempre sabia o que dizer e fazer.
__Porque você é tão bom em?__ Demi perguntou.
__Porque ele gosta de você__ Selena sussurrou.
__Não sou assim com todo mundo sabe?__ ele brincou__ só com garotas bonitas.
Ela sorriu, como sempre fazia quando estava ao lado dele.
__Obrigada por me defender hoje.
__É pra isso que servem os amigos.
Ela sorriu docemente para ele e naquele momento se perdeu em seu olhar. Joe a fitava profunda e atentamente, como se gravasse na memória cada detalhe do seu rosto. Seu coração disparou enquanto o fitava, sem que soubesse exatamente por que.
__Você é tão linda__ Joe sussurrou, parecia estar hipnotizado.
Os dois se inclinaram na direção um do outro, como se algo se os puxasse. Demi sentiu a respiração lenta dele em seu rosto e seus olhos pesaram e se fecharam. Quando seus lábios iam se tocar, a porta do quarto abriu e a mãe de Demi entrou, assustando os dois.
__Desculpe, eu interrompi alguma coisa?__ ela perguntou sem jeito.
__Sim__ Selena resmungou.
__Não__ Demi e Joe disseram ao mesmo tempo.
__Eu só queria se saber se estava tudo bem, estava preocupada.
__Está tudo bem, aliás, eu já estava de saída__ Joe disse enquanto se levantava__ já está tarde, eu tenho que ir pra casa.
__Não quer dormir aqui?__ a mãe de Demi sugeriu.
__Eu tenho mesmo que ir pra casa__ ele disse simplesmente.
__Tudo bem então__ ela concordou e saiu do quarto, os deixando novamente a sós.
Demi ficou sentada na cama enquanto Joe calçava os chinelos e pegava o casaco que tinha deixado na casa dela, tinha anoitecido e agora estava frio lá fora.
__Boa noite Demi.
__Você vai deixá-lo ir embora assim?__ Selena protestou__ dê um beijo nele, eu sei que você quer e ele também.
O coração de Demi disparou e ela arregalou os olhos ficando subtamente nervosa.
__Está tudo bem?__ Joe perguntou, notando a expressão no rosto dela.
__Está sim__ ela concordou, abrindo seu melhor sorriso__ boa noite Joe.
__Tudo bem.
__Vamos lá Demi, não seja covarde__ Selena insistiu__ beije ele... Vocês são perfeitos um para o outro. Beije-o.
Joe se virou pra ir embora, abriu a porta do quarto e quando estava saindo, Demi se levantou e correu até ele, envolvida por impulso que não sabia de onde vinha, que não conseguiu controlar.
__Joe, espera__ ela pediu.
Ele parou e quando se virou, ali estava ela, parada a sua frente, a poucos centímetros de distancia.
__O que foi?
Demi nada disse, apenas se pôs na ponta do pé e encostou seus lábios nos dele, num beijo rápido e delicado. Arrependeu-se no segundo seguinte, com medo de qual seria a reação dele e quando se afastou, achou que o coração ia sair pela boca.
__Boa noite__ ela sussurrou, a voz quase não saiu.
__Boa noite__ ele disse simplesmente. Sabia que ela estava nervosa então não disse mais nada, apenas sorriu.
Quando ele foi embora, Demi trancou a porta do quarto e se jogou na cama.
__Eu não acredito que eu fiz isso__ ela murmurou.
__Foi tão fofo__ Selena se jogou na cama ao lado dela__ ele adorou, viu o sorriso dele?
__Eu não devia ter feito isso... O que deu em mim?
__Deu que você está apaixonada, até que eu sou um bom cupido.
Apaixonada? Demi estava apaixonada? Pelo seu melhor amigo? Aquilo não parecia muito certo. Ela não queria pensar naquilo agora, ou ia enlouquecer de vez. Então ela apenas tomou um banho, trocou de roupa, ignorou por completo o falatório de Selena e foi dormir... Amanhã seria um novo dia.
* * * * * * * * * * *
Dois dias depois, Demi estava sentada em sua cama encarando o relógio.
__Eu sabia que não devia ter feito aquilo__ ela murmurou inquieta__ eu estraguei tudo.
__Não faça tempestade em copo d’água__ Selena revirou os olhos.
Mas Demi não conseguia se conter. Joe vinha visitá-la todos os dias, sem falta, mas ele não tinha aparecido ontem e nem hoje, e já passara da hora que ele costumava vir. Demi tinha certeza absoluta que era por causa do beijo, ele não tinha gostado e agora não queria vê-la. As aulas começariam amanhã e tudo já estava dando errado... Ela sentia que ia enlouquecer.
__Ele é o único amigo que me restou e eu estraguei tudo.
__Tenho certeza que ele tem um bom motivo para não ter vindo__ Selena tentou acalmá-la.
Mas nada do que ela dissesse faria Demi se sentir melhor, então ela se levantou, trocou de roupa e resolveu dar uma volta para espairecer. Não se sentia ela mesma ultimamente e parecia que só estava piorando a cada dia.
Selena resolveu acompanhá-la na caminhada, mas se manteve calada, o que Demi agradeceu. Não queria conversar, só ficar um pouco em silencio e sentir o sol e o vento batendo em seu rosto. Pensou que estava andando sem um rumo certo, mas depois de um tempo e viu indo em direção à casa de Joe, levada até ele por um sentimento que não conseguia explicar.
Havia uma pequena praça em frente à casa dele e Demi se sentou em um banco, com Selena bem ao seu lado. Seus olhos vagaram pela rua e logo o avistaram. Estava jogando bola com os amigos... Nick, que estava sentado na entrada da casa apenas observando o jogo, foi o primeiro a vê-la e acenou para o irmão, apontando para ela. Quando Joe a avistou não sorriu como era de costume, o que fez o coração de Demi se apertar. Ele disse algo aos amigos e veio em sua direção.
Selena levantou do banco as pressas quando ele se sentou, resmungando um “mal educado”. Teria sido engraçado, mas Demi estava nervosa demais para rir. Fixou os olhos nele... Descalço, sem camisa, o que deixava o físico perfeito a mostra, suado e descabelado, ele nunca esteve mais lindo.
__O que faz aqui?__ ele perguntou, ela não sabia identificar o tom de voz dele e de repente quis sair correndo.
__Eu estava dando uma volta e... Acabei vindo parar aqui__ respondeu sentindo a boca seca__ não queria atrapalhar seu jogo.
__Você não atrapalha Demi.
__Na verdade__ ela se mexeu no banco inquieta__ eu queria... É que... __ ela respirou fundo para se acalmar__ você não deu noticias nos últimos dois dias.
__Eu posso explicar__ ele começou a dizer, mas Demi o interrompeu.
__Olha, se é por causa do beijo, eu sinto muito... Não sei por que fiz aquilo, eu estava nervosa e... Eu... Eu sinto muito Joe, eu não quero que as coisas mudem entre agente, você é o único amigo que me restou e...
__Demi, Demi__ ele a interrompeu__ calma.
Ela parou de falar e respirou fundo, tentando se acalmar.
__Não é nada disso que você ta pensando__ Joe explicou__ não fui te ver ontem porque Nick estava passando mal e meus pais não estavam em casa, tive que ficar cuidando dele, ele ainda não está bem, pode perguntar se quiser.
__O meu amor está doente?__ Selena disse alarmada__ o que ele tem?
__Eu ia te ligar pra avisar, mas minha mãe lavou o meu celular na maquina de lavar roupas junto com minha calça, então não deu muito certo. E eu estava indo te ver hoje, quando os meninos me pararam e me intimaram a participar do jogo, eu ia te ver assim que acabasse.
__Mas, sobre o que aconteceu...
__Bom, nesse caso eu já não posso te prometer que nada vai mudar.
__O que? Eu sabia, você não gostou do que eu fiz... Desculpe.
__Gostar?__ ele sussurrou e seus olhos estavam fixos nos lábios dela__ já fazia um bom tempo que eu imaginava como seria beijar você, que eu desejava que acontecesse.
__O que?__ Demi parou de respirar por um segundo.
__Você nunca percebeu não é?__ ele sorriu de lado__ é linda, mas muito desatenta.
__Eu não... Eu não entendo__ Demi disse atordoada demais para pensar em algo melhor.
Joe sorriu e ergueu uma mão para acariciar gentilmente o rosto dela.
__Você fica linda quando está com vergonha__ ele sussurrou.
E antes que Demi pudesse pensar em uma resposta ou se arrepender de alguma coisa, ele se inclinou e a beijou. Primeiro ela ficou sem reação, mas a sensação dos lábios dele nos dela era agradável, parecia certo. Um calor se espalhou por todo seu corpo e antes que pudesse se conter, estava com a mão em seus cabelos, o puxando para mais perto.
Quando se separaram, Demi estava ofegante e envergonhada.
__Eu não sei o que dizer__ confessou depois de um minuto de silencio.
__Você não precisa dizer nada. Só me responder uma pergunta.
__Que pergunta?
__Você quer namorar comigo?
Ela pensou que tinha ouvido errado, mas ele ficou lá a observando com um sorriso no rosto, esperando por uma resposta. Namorar com Joe? Seu melhor amigo? Alguns dias atrás Demi teria achado a ideia absurda, mas agora achava que Selena tinha razão, ela estava apaixonada. Ela odiava que a amiga tivesse sempre razão.
__Eu quero sim__ respondeu.
__Own, mas uma vez o cupido Gomez acerta em cheio__ Selena murmurou quando eles se beijaram novamente, fazendo Demi sorrir entre o beijo. Selena podia ser irritante, mas sabia dar conselhos como ninguém.

Fim Do Capitulo
Quando Joe entrou no quarto de Demi, ela estava jogada sobre a cama, no meio de um ataque de riso. Ela tossiu e tentou se recompor assim que o viu, respirando fundo algumas vezes... Ele gostava de vê-la sorrindo.
__Posso saber o que é tão engraçado?__ ele perguntou sentando-se na cama ao lado dela.
__Não é nada__ ela passou a mão pelo cabelo e encarou as próprias mãos.
__Não parece que não é nada... Não quer que eu ria também?
__Foi uma coisa boba que eu vi na TV, deixa pra lá__ ela tentou desconversar e ele não insistiu, já tendo uma ideia de qual era o problema.
__Tudo bem__ ele concordou encerrando o assunto.
__O que vamos fazer hoje?__ ela segurou a mão dele, brincando com seus dedos.
__Pensei em ficarmos em casa e assistirmos um filmes__ ele apontou para a sacola que tinha deixado sobre a cômoda__ trouxe alguns filmes de terror lá de casa.
__Filmes de terror?__ ela ergueu a sobrancelha__ o que está querendo com isso Jonas? Tentando se aproveitar de mim?
__Talvez__ ele abriu um sorriso malicioso__ gosto da ideia de você se agarrando em mim.



Fim Da Prévia

Obs: Lindas Desculpa a demora a postar,só q o meu computador ñ tem e eu ñ consiguo baixar o Microsoft Word onde eu arrumos,digamos assim os capítulos, do meu jeito pra deixa-lo mais bonita e blablabla,coisa minhas digamos q so cheia de mania,então eu tenho q pega outro q tenha só q a minha irmã usa e com ela de férias é difícil ela libera o dela ... E falando do capitulo 7 a Cacau ñ postou todo ele ainda ai pra da uma previa pra vcs eu postei essa pequena previa,devo disser dizer q tinha parte tem partes mais interessantes mais eu quis pega esse pois tem momento Jemi.

Divulgações !!!

Selinho !!!