quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Capítulo 3 e Capítulo 4 e Prévia do Capítulo 5 + Divulgação



Quando Demi acordou aquela manhã teve a impressão de que tinha dormido por um longo tempo. Espreguiçou-se e fez uma careta ao se lembrar do estranho sonho que tivera na noite anterior, tudo estava meio confuso agora, mas achava que tinha sonhado com Selena, que ela estava ali e que riram juntas até adormecer como faziam antes.
__Você ronca__ Demi deu um pulo da cama e caiu de mau jeito no chão com o susto que tomou ao ouvir aquela voz.
__Mas que...
__Desculpa, eu não queria te assustar__ Selena disse rindo__ eu não lembrava que você roncava assim, é irritante.
__Não foi um sonho__ ela murmurou pra si mesma e sorriu.
__Você está bem?__ Selena fez careta__ para de me olhar desse jeito, esta me assustando, e eu estou morta.
Empolgada como não se sentia há um bom tempo, Demi tomou um banho e trocou de roupa enquanto Selena tagarelava e lhe fazia perguntas. Era como nos velhos tempos e só agora ela sabia como tinha sentido falta daquilo, da presença dela. Então decidiu que iria aproveitar aquele dia e a companhia da amiga, deixaria as preocupações para depois.

Daiana estranhou a mudança de humor de Demi, ela até tomara café da manhã direito, coisa que não fazia há um bom tempo.
__Você está bem Demi? Parece de bom humor.
__Acordei me sentindo bem hoje__ ela deu de ombros, não querendo falar demais.
Depois do café resolveu sair um pouco de dentro de casa. Sentou-se na escada na entrada e Selena a acompanhou.
__Faz um tempo que eu não fazia isso__ Demi comentou.
__O que?
__Só... Sentar e aproveitar o sol batendo no meu rosto.
Demi estava rindo de um comentário engraçadinho que Selena fizera quando Joe apareceu. Vestindo uma bermuda jeans, uma regata verde, os cabelos bagunçados e um lindo sorriso no rosto. Era engraçado como somente vê-lo já deixada Demi mais feliz.
__Bom dia__ ele disse a fitando com ar curioso__ posso saber do que está rindo?
__Ah, foi uma coisa engraçada que a Se... __ ela se interrompeu ao perceber o que ia dizer__ minha mãe disse.
__Não sabia que a Tia Daiana era tão engraçada__ ele disse__ não esperava te ver aqui fora, ou tão animada.

__O Joe sempre foi gato assim?__ Selena perguntou o fitando com atenção__ eu não lembrava disso.
__Cala a boca__ tarde demais Demi percebeu que tinha dito aquilo em voz alta.
__Está me mandando calar a boca?__ Joe disse surpreso__ o que eu disse?
__Não, não foi... Érr... Esquece__ ela suspirou__ eu só acordei me sentindo bem hoje e quis sair de dentro de casa.
__Fico feliz, porque tenho planos para nós hoje.
__Que planos?
__Aposto que envolve alguma pegação__ Selena murmurou rindo e Demi se segurou para não repreendê-la, a ultima coisa que precisava era que Joe achasse que estava louca.
__Conversei com o Nick ontem depois que voltei pra casa__ Joe explicou e Selena parou de rir para prestar atenção__ convenci ele a conversar com você, acho que vai fazer bem para vocês dois.
__Hum, eu não sei se é uma boa ideia__ ela fez careta__ ele não parece muito a fim de papo comigo, forçar uma conversa pode piorar tudo, eu nem sei o que diria a ele.

__Você tem que aceitar__ Selena se virou para Demi, implorando em um tom meio desesperado__ você tem que conversar com ele, eu quero muito vê-lo Demi, vamos aceita.
__Eu já disse que ele não tem raiva de você__ Joe argumentou__ e eu não forcei nada, ele aceitou numa boa assim que eu sugeri. Vocês eram amigos, aposto que sente falta dele.
__Eu sinto mais...
__Aceita Demi, conversa com ele__ Selena insistiu tirando sua concentração__ faz isso por mim, por favor, por favor, por favor.
__Tudo bem, eu vou, mas para de me encher__ reclamou nervosa.
__Eu não estou te enchendo__ Joe disse meio ofendido, achando que Demi falava com ele__ só quero ajudar.
__Desculpa, eu... Eu estou meio nervosa.
__Desculpa Demi__ Selena disse envergonhada__ é que é importante pra mim.
__Eu vou vê-lo__ Demi disse, dessa vez para os dois.

Joe acompanhou Demi até sua casa, onde Nick esperava por eles. Selena foi junto, falando o tempo todo e confundindo a cabeça de Demi às vezes, como se não bastasse o nervosismo, não conseguia se concentrar na conversa com Joe e ele a olhava desconfiado, tentando descobrir o que tinha errado com ela. Demi estava feliz por ter a amiga ali, mas não faria mal se ela parasse de falar um pouco.
__Lá está ele__ Joe apontou quando viraram na esquina e avistaram Nick sentado na entrada da casa.
__É ele__ Selena exclamou emocionada.
__Vou deixar vocês dois conversarem a sós__ Joe disse com um meio sorriso encorajador__ estarei aqui se precisar.
Demi respirou, não sabia ao certo porque estava com tanto medo daquela conversa. Talvez pensasse que Nick fosse acusá-la de alguma coisa, de ter deixado que Selena morresse. Mas deixou os pensamentos de lado e juntando toda sua coragem caminhou até Nick e sentou-se ao lado dele na entrada da casa.
__Oi Nick.
__Oi Demi__ ele abriu um sorriso tímido, e o gesto acalmou o coração de Demi__ que bom que você veio.

__Fiquei surpresa com o convite de Joe, não achei que você quisesse me ver.
__É minha culpa, eu tenho sido muito mal educado com você__ ele murmurou encarando o chão__ queria te pedir desculpas pela minha atitude nesse ano que passou, eu não devia ter ignorado você como se tivesse culpa de alguma coisa. Eu só estava com medo.
__Medo de que?
__Você estava lá quando aconteceu, você viu. Eu não estava pronto para ouvir, porque de alguma forma eu sentia que era um pouco culpado pelo que aconteceu, mas não seria verdade enquanto você não confirmasse.
__Você não teve culpa de nada Nick__ Selena sussurrou, estava abaixada na frente dele, o fitando com intensidade.
__Eu sei porque vocês estavam naquela ponte Demi__ ele continuou__ sei que estavam indo a cabana do outro lado do Rio, onde eu marquei de me encontrar com ela.
__É verdade__ Demi concordou__, mas isso não o torna culpado de nada. Ou eu também sou culpada por tê-la deixado atravessar aquela ponte mesmo vendo o quanto era perigoso.
__Nenhum de vocês tem culpa__ Selena disse__ a idiota fui eu, por ter atravessado a ponte aquela hora da noite, eu devia ter esperado. Demi diga para ele... Diz que ele não tem culpa.
__Aposto que ela não culpa nenhum de nós__ Demi murmurou__ se ela pudesse, se estivesse aqui... Ela diria que não foi nossa culpa e que temos... Temos que superar.
__Eu sei, mas... É difícil__ ele suspirou.
Ficaram um tempinho em silencio. Há alguns metros dali os dois observaram Joe brincando com o cachorro do vizinho, dando um tempo para que pudessem conversar em paz. Demi gostava disso nele, Joe sabia quando deveria estar perto e quando era hora de se afastar.
__Eu não sei como ele consegue__ Nick murmurou, tirando Demi de seus devaneios.
__O que?
__Joe, olhe para ele__ apontou com um meio sorriso__ está sempre sorrindo, tentando animar os outros. Ele parece não ter preocupação nenhuma, mas sei que não é verdade. Ele e Selena eram muito próximos, grandes amigos, mas do que eu e ela fomos.
__É verdade__ Selena concordou__ eu não contei pra ninguém, mas ele me deu um empurrãozinho com o Nick.

__Não conte isso pra ninguém ou ele me mata__ Nick avisou__, mas eu já o peguei chorando, mas de uma vez. Ele também sente muito a falta dela, mas não deixa ninguém ver, ele ignora a própria dor para ajudar os outros a superar a deles. Ele tentou me ajudar ontem e eu dei um soco na cara dele... Joe é um grande irmão e um ótimo amigo.
__Ele é sim__ Demi concordou__ ele tem me ajudado bastante.
__Ele é um palhaço__ Selena disse sorrindo__, mas uma ótima pessoa quando você se dá o trabalho de conhecê-lo melhor.
__Fiquei surpreso quando soube que vocês tinham virado amigos__ Nick confessou.
__Eu também não esperava, mas aconteceu__ Demi deu de ombros__ ele estava lá quando eu precisei.
__Eu deveria ter estado lá também__ Nick disse a olhando fixamente.
__Você estava sofrendo Nick.
__Assim como você. Podíamos ter ajudado um ao outro, mas eu fui idiota. Você me perdoa?
__Não tem o que perdoar.
Os dois se abraçaram e Demi sentiu como se um peso tivesse sido tirado de suas costas. Tinha sentido muita falta do seu amigo. Selena também sorriu, os dois contariam com a ajuda um do outro, seria mais fácil superarem assim. Mas ali olhando para Nick, fiou triste imaginando o que poderia ter sido.
__Eu gostaria de poder fazer isso__ ela sussurrou__ abraçá-lo.
Demi apenas a fitou, como que dizendo sinto muito com o olhar. Gostaria de dizer alguma coisa para confortá-la, mas Nick acharia que estava louca e como já tinha suas próprias duvidas sobre sua sanidade preferiu ficar calada.
__O que acha de darmos uma volta por ai? Eu, você e Joe? Para compensar o tempo perdido.
__Acho uma ótima ideia.
__Eu vou lá chamá-lo.
Nick foi até Joe chamá-lo e quando Demi se virou para falar com Selena ela já não estava mais ali... Tinha sumido. 
Fim do Capítulo

Demi não conseguiu se concentrar direito no passeio com Joe e Nick, ficava toda hora olhando para os lados procurando por algum sinal de Selena. Os meninos perceberam que ela estava distante, mas nenhum deles comentou e Demi agradeceu por não ter de responder perguntas. Quando o dia acabou, Nick voltou pra casa e Joe ficou de acompanhar Demi até a sua, mas antes parou pra comprar uma coisa que sua mãe pedira. Enquanto aguardava, Demi olhou em volta procurando pela amiga.
__Selena__ chamou baixinho__ Selena cadê você?
__O que você quer?__ ela apareceu, de braços cruzados e parecendo mal humorada.
__Porque você sumiu daquele jeito?
__Eu não queria atrapalhar o passeio de vocês com minha falação e... Ficar ali olhando o Nick é muito doloroso, está tão perto e eu não posso tocá-lo. A morte é uma droga.
__Eu sinto muito__ Demi disse, sentindo-se mal pela amiga.
__Eu sei disso.
__Selena...
__Não precisa falar nada, sério.

__Com quem você está falando?__ Demi tomou um susto quando Joe apareceu sem avisar, com uma sacola na mão e um olhar intrigado no rosto.
__Eu... __ ela demorou um minuto para conseguir pensar numa resposta.
__Diz alguma coisa__ Selena protestou__ ele vai achar que você ta louca.
__Eu estava falando sozinha__ finalmente respondeu__ nunca fez isso? É bom... É... __ forçou um sorriso.
__Me pareceu que você estava... Conversando com alguém.
__Não tem ninguém aqui__ Demi cruzou os braços desconfortável.
__Eu ouvi você dizer o nome da Selena__ Joe insistiu__ Demi, você...
__Selena está morta, eu não posso conversar com ela__ disse irritada__ não me olhe assim.
__Assim como?
__Como se eu fosse louca.
Irritada, Demi começou a se afastar, não gostava do olhar de preocupação e desconfiança no rosto dele, como se houvesse algo errado com ela. Tudo bem que andava vendo e conversando com o fantasma da melhor amiga, mas não estava louca... Não podia estar.

__Demi, espera__ Joe pediu começando a seguí-la.
__Eu vou pra casa sozinha.
E apressou o passo, sem esperar que ele discutisse.
__Não precisava brigar com ele__ Selena disse caminhando ao seu lado__ ele só estava preocupado, sendo o Joe super fofo de sempre. E vamos combinar... Você realmente parece meio maluca falando sozinha.
__Eu não estava falando sozinha, estava falando com você.
__Mas ele não sabe disso__ a lembrou.
__Porque não?__ Demi parou e cruzou os braços a desafiando__ porque eles não podem te ver? Porque só eu vejo você?
__Porque eles não acreditam.
__Eu também não acreditava em fantasmas até você aparecer no meu quarto.
__Mas você queria acreditar, queria me ver de novo, você desejava isso.
__Eles também desejam isso__ tentou argumentar__ também te querem de volta, mas não vêem seu fantasma.
__Por favor, pare de me chamar de fantasma__ Selena revirou os olhos__ Demi, eu e você temos uma conexão especial. Você é minha melhor amiga, é como minha irmã, um pedaço de mim. Você estava lá quando eu morri.

Demi revirou os olhos__ isso é uma droga. Eu não quero que me achem maluca.
__Tente não parecer maluca na frente dos outros.
__Tente falar e me confundir menos quando tiver gente por perto... A culpa disso é sua.
__Eu voltei dos mortos, você devia estar radiante, não brigando comigo.
__Vamos para casa antes que alguém me veja discutindo sozinha.
Engraçado, enquanto conversava com Selena, Demi quase se esquecia que ela não estava realmente ali, que estava morta. A imagem que via era tão real, tudo que ouvia, era difícil se forçar a lembrar que o que via era apenas um fantasma. O celular no seu bolso começou a tocar, a distraindo dos pensamentos. Olhou na tela... Era Joe.
__Atende__ Selena disse sorrindo.
__Eu falo com ele depois__ desligou e guardou o aparelho de volta no bolso.
__Não seja chata, o Joe gosta muito de você.
__Você está de volta só faz dois dias, não sabe de nada__ reclamou mal humorada.
__Eu vi o jeito que ele olha pra você__ Selena se pôs em seu caminho, a obrigando a parar__ é o mesmo jeito que o Nick me olhava no dia que me pediu em namoro. Lembro de sentir como se tivessem borboletas no estomago quando ele me olhou daquele jeito. Você não sente um frio na barriga quando está com o Joe?
__Onde está querendo chegar com esse assunto Selena?

__Sei lá... Vocês dariam um casal fofo.
__Somos apenas amigos.
__É assim que começa__ Selena provocou rindo.
__Vejo que a morte não te tornou menos irritante. Parece de inventar ideias... Vamos para casa.
__Ok... Eu vejo você lá__ Selena piscou e então desapareceu.
__Eu a mataria se já não estivesse morta__ resmungou.
Mas no fim das contas foi bom que Selena tivesse sumido, assim pode ficar um pouco sozinho e pensar na vida, na loucura que estava acontecendo. Seu celular tocou de novo, dessa vez era uma mensagem de Joe.“Desculpe ter irritado você, não era minha intenção, só estava preocupado, não gosto de te ver triste ou magoada”. Demi suspirou, era impossível ficar com raiva de Joe.
__Porque você tem que ser tão fofo?__ murmurou pro celular e então resolveu responder.
“Desculpe ter perdido a paciência com você... TPM”. TPM era sempre uma boa desculpa para mudanças repentinas de humor e comportamentos estranhos, os homens caiam nessa muito fácil. Ele respondeu, e assim Demi foi trocando mensagens com ele por todo o caminho até em casa e sorrindo sozinha. Ele sempre a fazia sorrir, de um jeito ou de outro.

No dia seguinte, depois de uma noite divertida, trocando mensagens com Joe e conversando com Selena, Demi sentia que apesar da estranheza de toda aquela situação tudo estava indo muito bem. Tinha feito as pazes com Nick depois de um longo ano, sua melhor amiga morta estava de volta, ou quase isso. As coisas estavam melhores do que ela supunha.
__Demi querida, preciso de um favor seu__ sua mãe disse enquanto tomavam café da manhã__ Amanhã é aniversário da Denise e ainda não comprei o presente dela, vou ter que sair pra trabalhar hoje e ainda fazer compras e vou chegar tarde em casa. Será que você poderia ir ao shopping por mim e comprar alguma coisa pra ela?
__Tudo bem, eu tinha me esquecido que era aniversário dela, eu vou sim. O que a senhora quer que eu compre?
__Pode ser uma bolsa, Denise adora bolsas.
__É verdade__ Selena concordou__ ela tem uma coleção enorme de bolsas. Eu te ajudo a escolher uma.
__E você pode comprar alguma coisa pra você também se quiser__ disse colocando o dinheiro em sua mão.
__Você precisa mesmo de roupas novas__ Selena murmurou olhando para suas roupas e fazendo careta.
__Obrigada mãe__ Demi agradeceu, ignorando o comentário de Selena.

Depois do café da manhã, Demi pegou o dinheiro que sua mãe lhe dera e foi fazer um passeio no shopping para tentar encontrar o presente de Denise. A mãe de Joe tinha a maior coleção de bolsas que ela já vira na vida e era relativamente difícil encontrar alguma no shopping que ela já não tivesse.
__O que você acha dessa?__ Demi perguntou a Selena__ é estilosa e é da cor preferida dela... Eu acho.
__Não, eu acho que ela tem uma bem parecida com essa, aquela com fivelas e mais bolsos do que da pra contar.
__Isso é uma tarefa impossível__ Demi resmungou__ já olhamos em quase todas as lojas.
__O que acha dessa?__ Selena apontou para uma bolsa com estampa de onça no canto.
__Extravagante do que jeito que ela gosta__ Demi pegou a bolsa__ ótima escolha... Espero que ela não tenha nenhuma parecida.
__Eu acho que não.
__Que bom que você está aqui, eu não ia conseguir sem sua ajuda.
Demi olhou pro lado e viu que tinha uma mulher parada ali lhe observando com estranheza, como se ela fosse alguma espécie de maluca. Demorou um segundo para que entendesse que era porque ela estava falando “sozinha”.
__Falando com a minha mãe__ ela mentiu apontando para o fone de ouvido.
A mulher continuou encarando-a.

__Não tem mais o que fazer não?__ reclamou irritada__ vai passear.
A mulher lhe lançou um ultimo olhar e então foi embora. Selena começou a rir.
__Não tem graça Selena.
__Do meu ponto de vista é engraçado sim.
Depois de comprar a bolsa, Demi foi atrás de roupas novas. Fazia pelo menos um ano que não comprava nada para si mesma, e realmente estava precisando de coisas novas. Foi até sua loja favorita, a ultima vez que estivera ali fora com Selena, comprando roupas para o passeio de férias onde tudo aconteceu, era estranho estar ali de novo.
__Uh, que blusa linda__ Selena disse animada, mas logo seu rosto se torceu em uma careta__ isso é tão injusto, tanta roupa bonita e eu tinha que ter morrido com esse pijama horrível. Estou destinada a passar a eternidade desarrumada.
__Você está morta e é com isso que se preocupa? Sério?
__Não tenho muita coisa pra fazer agora__ sorriu ironicamente.
__Porque você está aqui Selena?

__Estou te ajudando a comprar__ ela respondeu como se fosse óbvio.
__Não, eu quero dizer... Aqui__ tentou explicar fazendo um gesto com a mão.
__Estou aqui pra te ajudar, agora chega com esse papo... Vamos comprar.
As horas passaram rapidamente enquanto Selena ajudava Demi a escolher novas roupas, era como nos velhos tempos. Era tão fácil esquecer nesses momentos de tudo que tinha acontecido, de todo sofrimento que tinha passado.
__O que achou desse vestido Selena?__ Demi perguntou.
__Você ficou linda, o Joe vai babar quando te vir nele.
__Não estou comprando roupas pra que Joe babe por mim, pare com isso.
__Eu sei que você gosta dele__ ela provocou.
__Você é uma coisinha irritante sabia disso Selena?
__Eu sabia__ ela concordou rindo.
__Oi Demi__ ela se assustou quando ouviu uma voz diferente chamar seu nome. Quando se virou viu sua colega de classe, Ashley, a patricinha irritante que tinha toda a escola nas mãos e gostava de se fingir de santa. Selena e Demi nunca foram com a cara dela.
__Ashley__ Demi forçou seu melhor sorriso.

__Será possível__ Selena fez careta__ ela parece ainda mais vadia que antes.
Demi teve que segurar o riso.
__Eu vi você aqui, comprando roupas sozinha__ ela olhou em volta desconfiada__ está sozinha não está?
__Está vendo alguém aqui comigo?
__É que pensei ter ouvido você falar com alguém__ ela disse, um tom de voz e um olhar malicioso no rosto.
__Estava falando sozinha... É que me empolgo ao fazer compras.
__Eu sei como é.
__Manda essa vadia pastar__ Selena cruzou os braços zangada__ eu daria tudo pra poder puxar o aplique dela.
__Eu to com um pouco de pressa__ Demi disse e afastando__ agente se vê por ai, tchauzinho Ashley.
__Tchau Demi__ ela respondeu com aquele mesmo sorriso irritante.
Quando estavam sós, Demi voltou ao provador para trocar de roupa.
__Ela parecia desconfiada, acha que ouviu alguma coisa que não devia?
__O que por exemplo?
__Eu conversando com minha melhor amiga morta... Eu disse seu nome mais de uma vez.
__Não esquenta com isso, ela é burra demais pra ser um problema__ deu de ombros.
__Você é impossível__ Demi revirou os olhos.
Ela pagou pelas roupas novas e então as duas voltaram juntas para casa. 
Fim do Capítulo

Demi estava no quarto trocando de roupa quando a porta se abriu e Joe entrou.
_Quantas vesez eu já disse pra você não entra no meu quarto sem bater ? _ela resmungou  revirando os olhos e tentando ajeitar o cabelo que estava uma bagunça.Sua cara não devia estar muito boa áquela hora da manhã e mesmo sem saber bem o porque não queria que Joe a visse daquele jeito .
_Você está vestida, então nenhum dano_ele disse sorrindo_vim te fazer um convite.
_Eu não to afim de sair hoje.
_Não é isso.Eu encontrei com a Ashley ontem_Demi gelou com o comentário_ela vai dar uma festa pra curtimos a ultima semana de férias.Vai ser esse fim de semana na casa dela,a turma inteira vai e eu queria que você fosse comigo.
_A uma festa da Ashley?_ela ergueu a sobrancelha o encarando_não tinha nenhum serial Killer disponível?
_Não seja Dramática,vai ser divertido ... Até o Nick topou ir.
_O Nick vai? Sério?_ela parou para pensar no assunto um instante_eu não sei,eu não gosto muito da Ashley e sei q ela também não gosta de mim.
_Por favor,Demi,não vai ser a mesma coisa sem você_ele insistiu
_Tenho certeza que ninguém vai sentir a minha falta.
_Eu vou.
Joe a encarou, com aquela expressão de cachorrinho pidão no rosto e  ela sabia que não tinha como recusar aquele pedido.Era difícil negar alguma coisa a ele, e isso era um pouco irritante ás vezes.

Fim da Prévia



Divulgalção !!!


9 comentários:

  1. Hey divulga pra mim? > jemiforlife.blogspot.com.br/2013/01/sinops… < ? adorando sua fic *-* e seguindo ...

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. oii

    selinho

    http://jemimegeradomada.blogspot.com.br/2013/01/selinho.html

    ResponderExcluir
  4. Divulga pra mim por favor?
    http://ficsofjemi.blogspot.com.br/
    Obrigada. Se puder, de uma olhada e me diz o que acha
    Beeijos

    ResponderExcluir